Publicidade

50 mil alunos voltam às aulas na rede pública de Parauapebas

O período do recesso escolar chegou ao fim. Na última terça-feira, 1º, os cerca de 50 mil alunos da rede municipal de ensino de Parauapebas começaram a retornar às salas de aulas para iniciar as atividades do segundo semestre letivo de 2017 nas 69 escolas públicas geridas pela Secretaria Municipal de Educação (Semed).

De acordo com o titular da pasta, Raimundo Neto, as unidades educacionais tiveram movimento tranquilo nesta terça. “Em regra, no primeiro dia de aula não há cem por cento de frequência. Mas, durante a semana, este quadro se normaliza”, observa, lembrando que, para garantir o cumprimento dos 200 dias letivos, previstos na Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB), é importante que os pais ou responsáveis incentivem e garantam o retorno dos estudantes.

Saraiva publicidade

Antes de recepcionarem os alunos, os professores voltaram ao trabalho na segunda-feira, 31, para o planejamento pedagógico semestral, inclusive relacionado ao acolhimento pós-férias e à discussão de estratégias para prender ainda mais a atenção dos alunos, uma vez que eles passaram praticamente um mês distante do ambiente escolar.

SEMESTRE CHEIO

Um dos grandes desafios para o semestre é a realização da Prova Brasil, que é base para a conformação do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). A prova, que será realizada entre os dias 23 de outubro e 3 de novembro, será aplicada para alunos matriculados em cada uma das etapas de 5º e 9º anos (4ª e 8ª séries) do ensino fundamental, de acordo com o Ministério da Educação (MEC). Em Parauapebas, a previsão é de que oito mil estudantes participem do exame.

“Estamos preocupados em construir e potencializar uma rede de ensino de qualidade para os alunos. Nos próximos meses, os estudantes da rede municipal terão um calendário repleto de atividades, e nossos educadores estão engajados em desenvolver uma proposta pedagógica que prepare nossas crianças para o futuro, com uma formação sólida e preparados para quaisquer exames que venham pela frente”, diz o secretário Raimundo Neto.

Pelo calendário letivo da Diretoria Pedagógica aprovado pelo Conselho Municipal de Educação (Comepa), as aulas do segundo semestre vão até o dia 19 de dezembro.

Reportagem: Rebeca Rosa

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu