Publicidade

Acusado de roubar mais de 500 galinhas é preso em Parauapebas

Foi preciso uma noite de buscas para capturar o homem que, segundo Darci José de Lima, o popular “Pé no Chão”, já roubou, mais de 500 galinhas; em cujo número inclui 200 aves dele e 360 de seu cunhado, além de roubar de outros vizinhos.

De acordo com o relatado à nossa equipe de reportagens pelo colono de 64 anos de idade, o acusado dos crimes agia há muito tempo, sendo sempre visto à beira da estrada com as aves escondidas em sacos. “Planejei o flagrante e ele caiu no capinzal. Por isso foi preciso a gente rondar a estrada de carro e moto até ele aparecer”, conta Darci, relatando que, depois de resistir, o ladrão de galinhas decidiu se entregar e foi amarrado e entregue à polícia.


O acusado de ter roubado as galinhas é Valdo da Silva Pereira, de 44 anos de idade; porém, se defende dizendo que não praticou o ato, sendo outra sua profissão. “Trabalho como inseminador de vacas. Essas galinhas eu comprei apenas por ver uma oportunidade de negócio”, afirmou Valdo, avaliando ter comprado cada ave ao preço de R$ 25,00 na intenção de revende-las por R$ 30.

Ainda segundo o acusado, ele apenas se parece com o suposto ladrão, e garante ter sido pego por engano, pois, estava nas proximidades da ocorrência do ato, Vila Cedere I, na noite desta quarta-feira (20), quando a perseguição e captura do suspeito durou de meia noite até às 5h00.

Valdo se diz inocente

 

Quem efetuou a prisão de Valdo, foi o sargento PM Sobral, responsável pela Patrulha Rural, contando que apenas buscou o acusado que já estava capturado pela população, tendo apenas o apresentado na 20ª Seccional de Polícia Civil para as medidas cabíveis. De acordo com o policial, apenas 10 galinhas foram encontradas em poder do acusado.

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu