Publicidade

Acusados de explodir carro-forte na PA-150 já estão presos em Belém

Já estão em Belém cinco acusados de explodir um carro forte para assaltá-lo, na Rodovia PA-150, próximo ao município de Moju (PA). Os integrantes da quadrilha foram localizados em uma cidade no Maranhão e no município de Tailândia, nordeste paraense. Os presos foram encaminhados à Delegacia Geral de Polícia Civil de Belém, onde foram apresentados à imprensa.

Antônio Fernandes de Sá, de 48 anos, conhecido como ‘Zé Bila’, e José Tarso Souza Lopes, de 28 anos, foram presos na última sexta-feira (5), na chácara Vila Rajada, em Tailândia, por equipes da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (DRCO). No local, foram encontradas pistolas ponto 40 e material explosivo. De acordo com a polícia, 11 pessoas estão envolvidas no crime.


Já Valdiran Nunes da Silva, de 32 anos; Rafael Moraes de Vasconcelos, de 25 anos, e Gilvan Soares da Silva, 40 anos, foram localizados e presos em São João dos Patos, no Maranhão, quando fugiam para o Estado de Pernambuco. Os suspeitos estavam em um carro, modelo Corolla, onde foram encontrados R$ 200 mil, dos R$ 850 mil roubados no assalto. Um outro suspeito, conhecido como ‘Melancia’, morreu durante troca de tiros com a Polícia Rodoviária Estadual.

A polícia continua as buscas pelos outros seis suspeitos que teriam participação no crime. São eles: Edilzo Pernambucano, apontado como líder do grupo, que sofreu um acidente de moto dias antes e por isso não participou do assalto. Além dele, ‘Zé Carlos’, ‘Deda’, ‘Primo’, ‘Orelha’ e ‘Márcio Gordinho’ estão foragidos, todos com mandados de prisão já expedidos pela Justiça.

As prisões foram resultado de uma parceira entre Polícia Civil do Pará, Superintendência Estadual de Investigações Criminais do Maranhão e Delegacia Estadual de Investigações Criminais de Tocantins.

Relembre o caso – Os homens armados com fuzis assaltaram o carro-forte de uma empresa de valores no dia 28 de agosto no quilômetro 50 da rodovia PA-150, entre os municípios de Tailândia e Moju, nordeste paraense. De acordo com informações da polícia, os bandidos estavam em uma pickup e atiraram várias vezes contra o carro forte. Eles também usaram explosivos para frear e destruir as portas do veículo e roubar vários malotes com dinheiro, segundo a Polícia Civil de Moju. Um segurança ficou ferido na ação, mas já recebeu alta e passa bem.

Reportagem: ORM News
Foto: Divulgação / Polícia Civil

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu