Publicidade

Advocacia paraense reelege Alberto Campos presidente da OAB-PA

Foto: Reprodução | Divulgação

Realizado na última quarta-feira (28), o pleito eleitoral reuniu 8.694 advogadas e advogados na eleição em todo o Pará. A apuração dos votos encerrou somente na tarde de quinta-feira (29), momento em que declarou Alberto Campos reeleito com 5.451 votos, vencendo o candidato da oposição, Osvaldo Serrão, da chapa “Avante OAB PA”, que obteve 2.903 votos. Em Belém, Alberto Campos conquistou 3.410 votos contra 2.198 de Osvaldo Serrão. Em todo o pleito, foram contabilizados 227 votos nulos e 113 votos em branco.

Eleito, o advogado criminalista encabeçou a chapa “OAB segue em frente” e venceu as eleições 2018 da OAB-PA com expressivo número de votos, sendo eleito para o triênio 2019-2021, período em que continuará a representar a categoria, tendo Cristina Lourenço como vice-presidente; Eduardo Imbiriba permanecendo como secretário-geral; o conselheiro federal Antonio Barra Britto será o secretário-geral adjunto e corregedor, enquanto que André Serrão exercerá o cargo de diretor-tesoureiro.


“A vitória conquistada representa o reconhecimento do trabalho no triênio. Apesar de estarmos com uma oposição instalada, conseguimos com muita conversa e muita estratégia, inclusive, levar à frente vários projetos da instituição”, afirmou Alberto Campos, citando como principais projetos a interiorização da Escola Superior de Advocacia, com muita qualificação profissional, com muita inclusão por meio da Caixa de Assistência dos Advogados do Pará e com a defesa intransigente das prerrogativas.

Contudo, o vencedor enfatizou que ainda há muito trabalho pela frente, dizendo ter como planos continuar, obviamente, por mais três anos com a mesma força, a mesma vontade, a mesma disposição e disponibilidade, que é característica não dele, mas do grupo que está com ele e agora vai seguir em frente.

O presidente reeleito ressaltou ainda que o principal desafio daqui para frente é a interiorização, um desafio para a ordem. “Quem trabalha aqui sabe a dificuldade que temos em relação a recursos. Temos uma grande dívida com o interior, não só pessoal e moral, por conta dos resultados das eleições, mas uma dívida de investimentos. Estamos recuperando e restaurando essa confiança que a advocacia do interior tem com a Ordem dos Advogados”, reconhece Alberto Campos, salientando também que a reeleição é o reconhecimento do trabalho não só dele, mas do grupo de mais de 1.000 advogados que lhe apoiaram ao longo da gestão, advogados e advogadas não só da capital, mas do interior do estado, que lhe deram uma retumbante vitória.

De acordo com Alberto Campos, todos os causídicos que queiram participar do dia a dia da instituição são bem-vindos. “A oposição agora acabou. A partir de hoje, seremos todos advogados e advogadas. Somos todos OAB. E eles são muito bem vindos aqui na gestão nova da nossa instituição”.

HistóricoAlberto Antônio de Albuquerque Campos é advogado formado pela Universidade Federal do Pará (UFPA), com pós-graduação em “Mandado de Segurança e Medidas Cautelares” pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Ao ganhar significativa notoriedade na última década, Alberto Campos exerceu o cargo de secretário geral da OAB no Pará no triênio 2010-2012 e vice-presidente no triênio 2012-2015. Entre 2016 e 2018, Alberto Campos presidiu a instituição pela primeira vez. A partir de janeiro de 2019, continuará a defender os interesses da classe em no estado e no Brasil.

Casado e pai de dois filhos advogados, ele é sócio do escritório “Alberto Campos Advogados Associados” juntamente com seu pai e irmã, militando em direito constitucional, administrativo, penal, tributário e civil. Alberto Campos já chefiou as assessorias jurídicas da Secretaria de Saúde de Belém e da Secretaria de Saúde do Estado do Pará. Exerceu também o cargo de assessor da presidência do Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores do Pará (Ipasep) e da Secretaria de Administração do Estado do Pará. Por dois mandatos, presidiu o Tribunal de Justiça Desportiva da Federação Paraense de Futebol.

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu