Publicidade

Alimentos tiveram reajuste de 500% em 20 anos de Plano Real

Alguns alimentos que compõem a cesta básica dos paraenses tiveram reajuste de 500% em 20 anos de Plano Real. Pelo menos é o que afirma uma pesquisa do Dieese-PA (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), divulgada na manhã desta quinta-feira (31). Quando foi implantado no início de julho de 1994, a inflação do Plano Real chegou a 80%, segundo o Dieese.

De acordo com a pequisa do Dieese, nos últimos 20 anos de Plano Real, a cesta básica dos paraenses composta por 12 produtos custava em média R$ 62,95 em julho de 1994, enquanto que em junho deste ano saltou para R$ 318,46. Isso representou uma alta acumulada de 405,89%. Nesse período, alguns produtos tiveram aumentos bem superiores à inflação de 375% para o período.


Os reajustes mais significativos neste 20 anos de Plano Real no Pará foram na farinha de mandioca, com alta de 982,93%; seguida da banana, com alta de 584,62%; e do tomate, com alta de 565,71%. O feijão também teve alta de 449,09% e a carne bovina com preço acumulado de 404,76%. Outros alimentos como o leite, o pão e a manteigra tiveram aumentos de 368,18%, 343,89% e 286,77%, respectivamente.

Reportagem e foto: ORM News

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu