Banner Educar


Anuário Mineral é lançado em Parauapebas

Estiveram presentes ao ato,- presidido pelo presidente da entidade organizadora, José Fernando Gomes Júnior-, o deputado estadual Raimundo Santos, presidente da Frente Parlamentar da Mineração; o ex-ministro da Fazenda, Paulo Haddad; o deputado estadual Milton Zimmer;, secretários municipais e diversas autoridades políticas regionais.

Na opinião de José Fernando, a região sudeste destaca-se como grande propulsora do desenvolvimento do Pará, concentrando grandes empreendimentos minerais, por isso, não poderia ficar de fora dos lançamentos da segunda edição do Anuário. “A publicação, que já se tornou referência para o setor mineral, apresenta ampla visão sobre a indústria da mineração, com destaque à sua participação na economia do estado”, ressalta.

Com o tema “Minérios da nossa terra, riquezas para a nossa gente”, a publicação apresenta uma radiografia completa da mineração paraense, apresentando ao público o desempenho do setor mineral na balança comercial, saldo das exportações, geração de empregos, projetos de responsabilidade social, ações de sustentabilidade e futuros empreendimentos no Pará.

Na opinião de José Fernando, não se pode mais estar dissociados da infância e da adolescência, e deve-se ainda em sua opinião acreditar no potencial dessa ferramenta para contribuir na formação de futuras gerações para a mineração. Por isto o sindicato também apresentou o “Anuarinho”, versão exclusiva do 2º Anuário Mineral do Pará para o público infantil. A publicação tem 10 páginas, contendo ilustrações, caça-palavras, passatempo, jogos de erros e outras ferramentas lúdicas para transmitir, de forma didática e divertida, informações sobre mineração.

Em um pronunciamento, que durou pelo menos 45 minutos, o ex-ministro da Fazenda, Paulo Haddad,alertou aos presentes para a necessidade de se aproveitar o excedente criado pela mineração e criar outras alternativas de fontes econômicas já se preparando para o pós mineração. “Temos um exemplo claro de uma cidade que ficou deserta e fantasma por não aproveitar o período de bonança para criar alternativas econômicas diferentes da mineração”, alertou Haddad, citando Serra do Navio como a referida cidade.

Oriovaldo Mateus, presidente da Associação Comercial, Industrial e Serviços de Parauapebas (ACIP), também esteve presente no evento e destacou a imporância do anuário para a região de Carajás. “Estamos satisfeitos com este lançamento e com certeza apoiamos este tipo de iniciativa”, destacou.

O ex-ministro receber das mãos do presidente da entidade organizadora do evento, José Fernando, placa que o reconhece como conhecedor e apoiador da causa mineral.
Já a Secretária Municipal de Assistência Social, Leudicy Leão, naquele ato representando o prefeito de Parauapebas, Valmir Mariano Queiroz, recebeu um exemplar do Anuário.

Reportagem: Francesco Costa

Fechar Menu
error: Reprodução proibida!