Publicidade

Associação dos Protetores dos Animais divulga nota sobre caso do Pitbull que matou criança

A Associação dos Amigos e Protetores dos Animais e do Meio Ambiente de Parauapebas (APAMA), durante esta segunda-feira (2) divulgou nota em seu Facebook oficial sobre o caso do cachorro da raça Pitbull que no último domingo (1) atacou e matou a pequena Ketlen Vitória, de apenas três meses de vida estava sob a tutela de uma garota de 17 anos de idade, vizinha de seus pais. Em dado momento, a adolescente teria ido até a casa onde estava o cachorro Pitbull, porém, quando as duas passaram pelo portão da residência que a adolescente frequentava várias vezes, o cachorro atacou a bebezinha e a adolescente de 17 anos, mas infelizmente a bebezinha não resistiu aos ferimentos e morreu.

Nota da APAMA


“Nós da Apama Ong – Associação dos Amigos e Protetores dos Animais e do Meio Ambiente de Parauapebas, viemos deixar nossos sentimentos a família do bebê e também nossa consternação em relação ao ocorrido.
Sempre que nos deparamos com uma tragédia envolvendo cães, logo se deposita a culpa no animal. Quando na verdade o dono desse cão é sem dúvida o grande culpado pela fatalidade. Um cão que vive acorrentado, muitas vezes num espaço pequeno e sem carinho e amor, sem cuidados e atenção. Muitas vezes usado somente para alimentar o orgulho de seus donos, que os treinam para atacar ou participar de rinhas clandestinas. Viemos aqui esclarecer que cães de qualquer raça podem oferecer perigo, inclusive os de pequeno porte e considerados de raças dóceis, se encarcerados ou acorrentados num cubículo escuro, quente e úmido como existem tantos por aí. Sem correr, sem brincar, sem ver a rua, as pessoas. Roubados de sua liberdade e alegria.
Nós da Apama, lutamos defendendo os animais e afirmamos que o maior medo deles é justamente dos humanos. Esses sim, que são capazes de serem cruéis até mesmo sem serem provocados. Isso não é nenhum “achismo”. São fatos registrados em pesquisas. Não é cabido a generalização de que todos os cães de raças como pit bulls, rotweillers e vira latas sejam violentos. Cães são seres puros, influenciados por um dono que eles tanto amam. Mesmo que essa pessoa lhe modifique a essência. Nós lutamos em favor dos animais e ao longo do nosso trabalho, as histórias de crueldade que presenciamos só tem um lado, dos humanos contra eles.
Somos mães e nos comprazemos com a dor de quem perde um filho, assim como também nos comprazemos com a dor de um animal maltratado, que vira o vilão enquanto por culpa de seu dono é no fundo, a vítima”.

APAMA ONG 265384

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu