Publicidade

Baile dos Pioneiros é marcado por ausência do prefeito Valmir Mariano

 

Vinte e cinco pessoas representando cada pioneiro do então povoado pertencente à Marabá foram escolhidas pela Secult para receberem das mãos da vice-prefeita Angela, a comenda dos 25 anos, uma medalha pintada na cor do jubileu da cidade, prata.


Além do prefeito, Valmir Mariano que não compareceu ao evento, e do secretário de cultura Chico Brito, que estão entre os primeiros cidadãos de Parauapebas, receberam também a honraria médicos, professores, empresários e profissionais de diversas outras áreas.

O Dr. Benigno Leal Martins Leite, terceiro a ser chamado ao palco chegou à cidade em 1986. Formado em Minas Gerais e vindo de Araguaína, o dentista mostra não estar arrependido pela escolha de seu lar. “Esse foi o lugar que escolhi pra viver e é aqui que quero viver até os meus últimos dias”.

Natural de Santa Luzia, Maranhão, o professor Serafim Fernandes da Silva foi um dos primeiros educadores da Escola Eduardo Angelim e também foi homenageada na festa. “A cidade naquela época era muito pequena, com poucas pessoas, muito diferente do que vivenciamos hoje em dia. Estou muito feliz de ter escolhido Parauapebas para viver”, disse Serafim.

Várias autoridades do governo municipal prestigiaram a festa. Depois da entrega das medalhas, os convidados puderam se divertir e dançar ao ritmo da banda Ciclone.

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu