Publicidade

Caçadores flagrados com anta morta no porta-malas de veículo

Quatro homens foram flagrados na manhã desta sexta-feira (5) em Parauapebas por uma guarnição da Polícia Militar transportando no porta-malas do veículo modelo Prima de cor preta os quartos de uma anta abatida e uma mochila contendo três tubos de pólvora e chumbo para carregar cartucho de arma de fogo.

Os quatro caçadores presos em flagrante delito e conduzidos à Polícia Civil pelo sargento PM F.Meneses e o soldado M.Silva Nunes.


Em depoimento à Polícia Civil, um dos presos disse ter matado o animal na fazenda de propriedade de Gabriel Saldanha, com autorização do caseiro de prenome Edu, porque a anta havia travado uma luta com um cachorro e ficado bastante ferida, e por isso ele acabou de matar o mamífero que, segundo ele, iria morrer em consequência dos ferimentos.

Ouvido pela reportagem, o delegado Gabriel Henrique Costa informou que os quatro homens foram autuados em flagrante delito por crime ambiental e por porte ilegal de munição de arma de fogo e se encontram à disposição da Justiça.

Segundo ainda a autoridade policial, no decorrer do inquérito o caseiro que teria autorizado a caçada na fazenda será ouvido como eventual testemunha. “A carne do animal será destruída no aterro sanitário, pois não sabemos o tempo que ela foi abatida. Quanto à arma, a princípio, eles disseram que haviam deixado numa área próximo da fazenda, mas agora estão dizendo que não têm arma”, detalha o delegado Gabriel Henrique.

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu