Publicidade

Capacitação de bombeiros para combate a incêndios florestais

A Vale está apoiando o Curso de Combate a Incêndio Florestal realizado pelo Corpo de Bombeiros Militares do Pará no município de Canaã dos Carajás, em parceria com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). É a primeira vez que a cidade recebe este tipo de iniciativa. Entre 29 de setembro e 7 de novembro, 45 militares participarão de diversas atividades, teóricas e práticas, dentro dos limites da Floresta Nacional de Carajás. A empresa está fornecendo acomodação, alimentação e transporte para os participantes.

O objetivo do curso é preparar os bombeiros para atuar em áreas de floresta, com conteúdos que abrangem estudos geográficos amazônicos, emergência e socorro de urgência, operações com helicóptero e técnicas e táticas de combate a incêndio florestal, entre outros.


Atuação da Vale na prevenção e combate a incêndios florestais

Em parceria com o ICMBio, a Vale contribui com o monitoramento e combate a incêndios florestais no Mosaico de Unidades de Conservação de Carajás. Além de rondas terrestres, a Vale também faz monitoramento aéreo diário em helicóptero da empresa. O trabalho, intensificado entre os meses de maio e dezembro (período mais seco do ano), é acompanhado de campanhas educativas para as comunidades que vivem no entorno das unidades de conservação. A Vale também faz a manutenção de aceiros em pontos críticos da floresta, essenciais para a atuação de brigadistas, e o monitoramento de riscos por meio do Sistema de Detecção de Incêndio Florestal (SDI).

Além destas atividades, visando aperfeiçoar o monitoramento de incêndios florestais, a Vale investiu em um moderno sistema de detecção remota de incêndios. O sistema, denominado Forest Fire Finder (FFF), foi desenvolvido em Portugal pela empresa NGNS- Ingenious Solutions.

A detecção de fumaça na atmosfera é feita através de imagens captadas por um sensor óptico e uma câmera de alta resolução, com um raio de cobertura de até 15 km. O sistema é capaz de detectar incêndios florestais em apenas 5 minutos e envia sinais de alerta para as equipes de monitoramento informando a coordenada geográfica de localização do foco de incêndio.

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu