Publicidade

Celpa diz que “não tem o menor interesse em lesar os seus clientes”

Durante esta quarta-feira (22), o Portal Pebinha de Açúcar divulgou AQUI uma matéria com o título: “Vereador propõe que prefeitura vistorie medições da Celpa”.

Após a repercussão da matéria, a Assessoria de Comunicação do Grupo Equatorial, proprietário da Rede Celpa, encaminhou o seguinte esclarecimento à nossa redação, confira na íntegra:


“A Celpa esclarece que os aparelhos de medição de consumo de energia em operação no Estado são utilizados por todas as concessionárias do Brasil e contam com a homologação do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia – Inmetro (portarias n°431, de 04 de dezembro de 2007; n°586, de 01 de novembro de 2012 e n°587, de 05 de novembro de 2012) e demais órgãos reguladores. Antes de serem instalados, esses medidores passam por rígidos testes no Inmetro para verificar e avaliar se o funcionamento está correto e vão para o consumidor com o selo de certificação do Órgão. Em relação a matéria de título “Celpa tem 90% dos medidores reprovados em testes”, que foi veiculada em maio de 2014, é importante esclarecer que o conteúdo da informação mostra que os medidores em questão são aqueles retirados das instalações dos consumidores, que passaram por aferição e foram reprovados nos testes por apresentarem alguma adulteração realizada por terceiros. Atualmente, a Celpa possui mais de 2,6 milhões de clientes e neste ano foram realizadas mais de 456 mil inspeções, sendo que 19.347 medidores foram encaminhados ao Inmetro e, desses, 18.142 foram reprovados, ou seja, 93% do total de equipamentos levados à aferição, confirmando o laudo de fiscalização da concessionária. Como pode ser constatado, esse percentual refere se exclusivamente aos medidores detectados com irregularidade. Isso ocorre quando há manipulação nos medidores com o intuito de reduzir o registro real do consumo de energia. A empresa também reforça que trabalha de forma transparente, respeitando o direito do consumidor e, acima de tudo, primando pelos valores Ética e Dedicação ao Cliente. A concessionária não tem o menor interesse em lesar os seus clientes e ainda ressalta que segue rigorosamente todas as regulamentações e resoluções vigentes no setor elétrico”.

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

All articles loaded
No more articles to load
Fechar Menu