Publicidade

Coluna do Lima Rodrigues – 9 de janeiro de 2019

Lima Rodrigues – Colaborador do Portal Pebinha de Açúcar

Esta é a nossa primeira coluna de 2019, após um merecido recesso. Desejamos um Feliz 2019 aos nossos leitores e seguidores das redes sociais. Que neste ano que começou, você consiga realizar todos os seus sonhos e desejos e que tenha muita saúde e paz ao lado de seus familiares.
Só para lembrar: nesta coluna, abordamos temas diversos, opinamos, elogiamos, criticamos, contamos histórias de pessoas que contribuem ou contribuíram com o desenvolvimento de Parauapebas e damos destaque especial para o agronegócio.

E gente começa o ano falando sobre agronegócio:


Casa Branca é o Melhor Criador Angus de 2018

O investimento de quase duas décadas da Casa Branca na seleção de Angus adaptado para as diversas regiões do Brasil, especialmente de clima quente, já obteve vários reconhecimentos dos pecuaristas de todo o país, com valorização da genética e comercialização de animais, sêmen e embriões para praticamente todos os estados brasileiros.

A mais recente conquista do Angus Casa Branca é a liderança do ranking de Melhor Criador do Circuito Nacional 2018, da Associação Brasileira de Angus. Foi a primeira vez que a fazenda alcançou esse resultado.

“Ser o Melhor Criador Angus do ano tem sabor especial porque mostra que a genética Angus Casa Branca está cada vez mais disseminada pelo Brasil e que os criadores estão sendo reconhecidos nas exposições, além da valorização do gado para produção de carne”, ressalta o criador Paulo de Castro Marques.

O resultado do Ranking 2018 de Angus é ainda mais relevante para a Casa Branca, pois a propriedade também foi o Terceiro Melhor Expositor Angus do ano. (Texto Comunicação – São Paulo).

Nova diretoria assume o comando da ABC Bio e detalha planejamento estratégico para o futuro

A ABC Bio – Associação Brasileira das Empresas de Controle Biológico acaba de eleger uma nova diretoria. O empresário ArneloNedel assume a presidência da entidade para a gestão 2019/2020 no lugar de Gustavo Herrmann, que comandou a associação nos últimos dois anos. Na mesma assembleia que definiu a nova direção e o Conselho Fiscal, foram delineadas algumas ações estratégicas para os próximos anos, com destaque para a elaboração de pautas e estratégias de interesse do setor junto aos órgãos reguladores e entidades de produtores agrícolas. Além disso, pretende-se ainda construir massa crítica acadêmica para promover o tema de biodefensivos em diferentes fóruns.

Para ter sucesso nessa proposta, a intenção da nova direção será intensificar a elaboração de estudos sobre o setor, seguindo a mesma linha da pesquisa recentemente divulgada e que, pela primeira vez, dimensionou a área tratada com biodefensivos no Brasil, totalizando 10 milhões de hectares, sendo soja, cana, café, hortaliças e frutas as principais culturas que utilizam o insumo. A pesquisa foi encomendada pela ABC Bio, realizada pela Informa FNP e concluiu também que o segmento responde atualmente por uma movimentação anual da ordem de R$ 528 milhões, confirmando um viés de expansão e consolidação da tecnologia de controle biológico como estratégia inovadora e sustentável para produção agrícola no país.

Além de estudos e análises semelhantes, a nova direção da ABC Bio pretende, a partir desse tipo de ação, organizar melhor os dados sobre o setor, de forma a ter relatórios analíticos sobre o mercado de controle biológico, divulgar o máximo possível esses dados para formação de uma massa crítica de informações que oriente a tomada de decisão estratégica e operacional das empresas do segmento.

Nova diretoria da ABC Bio para gestão 2019-2020
Presidente – ArneloNedel (Ballagro)
Vice – Gustavo Herrmann (Koppert)
Secretário – Roberto Risolia (Stoller)
Tesoureiro – Marcelo Poletti (Promip)
Diretor técnico – Fabrizio Romano (Basf)

(Mecânica da Comunicação – São Paulo)

Brasil amplia o número de rebanhos puros da linhagem vermelha da raça Brahman

Em 2019, a raça Brahman completa 25 anos das primeiras importações oficiais de animais para o Brasil, vindos dos Estados Unidos. Desde os primeiros cruzamentos para a formação da raça, o diferencial tem sido a seleção de bovinos de perfil econômico para a produção de carne. A linhagem vermelha, o chamado RedBrahman, que é selecionada desde a década de 90 no País, tem sido usada em projetos de cruzamento industrial com raças taurinas, por permitir o desenvolvimento da pecuária de ciclo curto. A boa demanda por touros RedBrahman tem contribuído para aumentar o número de rebanhos puros da raça no Brasil.

O pecuarista Alex Miyasaki, da Fazenda União, em Anaurilândia/MS, vem selecionando a linhagem vermelha desde 2015, quando adquiriu as primeiras matrizes durante o leilão promovido pela Prata Agropecuária, que tem quase três décadas de seleção de Brahman, tanto na linhagem vermelha quanto na branca. “Minha relação com o Brahman teve início em 2007, ano em que passei a ocupar o cargo de diretor executivo da Associação Paulista dos Criadores de Brahman e a integrar o Conselho Técnico da Associação dos Criadores de Brahman do Brasil. Passei a usar touros da raça em cruzamentos com matrizes Nelore e os resultados foram tão animadores que decidi formar meu próprio plantel puro”, conta Miyasaki. (Grupo Publique)

Semex lança novo programa genômico para pecuária leiteira

Os produtores de leite brasileiros acabam de ganhar uma nova tecnologia para identificar os maiores destaques do rebanho, garantindo maior retorno econômico à pecuária. A cidade de Castro, no Paraná – Capital Nacional do Leite -, foi o cenário escolhido pela Semex, maior central de inseminação artificial bovina do mundo, para o lançamento do novo programa de estratégia genômica Elevate no Brasil.

O evento, realizado no dia 19 de dezembro do ano passado, reuniu mais de 50 pessoas, incluindo grandes produtores de leite da região que vêm conseguindo elevar a produtividade de seus planteis com o uso das diversas soluções tecnológicas oferecidas pela empresa. “Os produtores demonstraram muito interesse em conhecer mais a fundo como a genômica pode acelerar o melhoramento genético bovino e auxiliar a tornar a pecuária leiteira cada vez mais eficiente e sustentável. O Elevate simplifica o teste genômico, facilita o entendimento dos resultados e é o único do mercado que permite aidentificação de fêmeas de imunidade elevada dentro do rebanho”, destaca o diretor presidente da Semex Brasil, Nelson Ziehlsdorff, que fez recepção dos convidados e abertura oficial do evento em Castro. (Publique Comunicação – São Paulo).

Boa semana a todos e até quarta-feira com saúde e paz.

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Pebinha de Açúcar Comunicação e Marketing
LTDA-ME – CNPJ: 05.200.883.0001-05
Parauapebas – Pará – Brasil
(94) 99121-9293 (whatsapp) | (94) 98134-2558

Acompanhe o Pebinha nas redes sociais

Copyright © Pebinha de Açúcar – 2018. Todos os Direitos Reservados.

Fechar Menu