Publicidade

Cooperativa de Parauapebas dá o maior aumento de passagens do Brasil

Segunda-feira, dia 5 de dezembro, é um dia que vai entrar para a história dos – mais um – absurdos de Parauapebas. O município vai acordar com o transporte coletivo inflacionado em 20%, praticamente cinco vezes a inflação prevista para 2017, que deve ficar na casa de 4,4%, de acordo com o Banco Central.

Esse é mais um duro golpe que o povo de Parauapebas está tentando digerir, espantado, e que, para quem usa o transporte público diariamente, através de micro-ônibus, terá impacto de R$ 40 no orçamento mensal, considerando-se uma jornada em que a pessoa tenha de ir e voltar do almoço.


A partir de segunda, vai ser mais fácil “sustentar jegue a pão de ló” do que sustentar o aumento estratosférico imposto goela abaixo pela Cooperativa responsável pelos micro-ônibus que não fez consulta pública para saber se a população está de acordo em pagar mais 50 centavos sobre o preço atual. É mais um “presente de Papai Noel” ao povo de Parauapebas.

A tarifa que até domingo (4) custava R$ 2,50, no transporte coletivo em Parauapebas, feito por micro-ônibus da Central das Cooperativas, a partir desta segunda-feira (5) passará a ser R$ 3,00. O comunicado sobre o aumento começou a ser fixado na parte interna dos veículos e pegou os usuários de surpresa, afinal, trata-se de um dos maiores aumentos de passagens urbanas de transporte coletivo do Brasil.

Para comentar sobre o assunto, a equipe de reportagens do Portal Pebinha de Açúcar entrou em contato via e-mail com a direção da Central das Cooperativas de Parauapebas, porém, até o fechamento desta matéria, não recebeu nenhuma resposta.

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu