Publicidade

“Cruzamentos da Morte” continuam fazendo vítimas em Parauapebas

Várias mortes e acidentes fatais já foram registrados nos “cruzamentos da morte” que ficam localizados ao longo da PA-160 entre os bairros Cidade Jardim, Parque dos Carajás e Beira Rio II, porém, as autoridades de Parauapebas ainda não fizeram praticamente nada para pelo menos tentar amenizar o caos que é registrado nos locais todos os dias, principalmente nos horários considerados de pico.

Requerimentos não atendidos
Os vereadores Josineto Feitosa (SDD) e José Arenes (PT) já tiveram dois requerimentos aprovados por unanimidade durante sessão ordinária na Câmara Municipal de Parauapebas, no documento, os edis pedem que rotatórias e até mesmo semáforos sejam instalados nos cruzamentos, porém, a Secretaria Municipal de Obras e o Departamento Municipal de Trânsito e Transporte de Parauapebas (DMTT), órgãos citados nos documentos, não deram nenhuma resposta aos parlamentares, tampouco aos cidadãos do município mais rico do Estado do Pará.

Saraiva publicidade

Acidentes são registrados praticamente todos os dias nos "cruzamentos da morte"
Acidentes são registrados praticamente todos os dias nos “cruzamentos da morte”

E o crédito especial?
Em meados do ano passado, a Câmara Municipal de Parauapebas aprovou um Projeto de Lei do Executivo municipal para dar destinação a R$ 800 milhões de reais que estão na conta da prefeitura e sem dotação orçamentária.
O crédito especial foi solicitado para se destinar a várias obras, inclusive a duplicação e iluminação da PA-160, porém, até o momento as obras na PA-160 que já estão com recursos aprovados e em caixa não iniciaram e consequentemente é a própria população que está sofrendo, tendo em vista que praticamente todos os dias acontecem acidentes na PA-160 e se as obras tivessem sido iniciadas, com certeza vidas teriam sido poupadas.

Reportagem e fotos: Bariloche Silva – Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu