Publicidade

Culminância de projeto pedagógico marca Dia da Consciência Negra em Curionópolis

Durante dois meses, os professores da rede pública municipal de ensino, em Curionópolis, realizaram diversas atividades com os alunos a respeito da Consciência Negra, o resultado dos trabalhos e apresentações foram expostos na última segunda-feira (20), em todas as escolas da rede.

O prefeito Adonei Aguiar (DEM) e a secretária de Educação Lêda Viveiros prestigiaram a programação da Escola Municipal de Ensino Fundamental José Rodrigues e assistiram as apresentações do grupo de capoeira Dandara Bambula e também de alunos. “Temos que vencer a discriminação, todos somos seres humanos”, destacou o prefeito que aproveitou o evento para informar que no próximo ano todos os alunos da rede pública municipal de educação receberão uniforme completo da prefeitura.


“Elaboramos um projeto coletivo neste último bimestre sobre a Consciência Negra, e o tema foi trabalhado em todas as escolas, encabeçado pela disciplina de artes, portanto, foi trabalhado com os alunos, música, teatro, desenho e pinturas, mas sempre dialogando com outras disciplinas como história e português”, informou a titular da Secretaria Municipal de Educação, Lêda Viveiros.

O professor do 3º ano, Rogério Meireles, que é pedagogo, trabalhou com a sua turma uma encenação teatral do clássico Menina Bonita do Laço de Fita, e destacou algumas atividades desenvolvidas ao longo do projeto, “trabalhamos a história dos heróis negros, como Zumbi do Palmares, a culinária africana, fizemos roda de conversa sobre pré-conceito e discriminação e sobre a variedade de raças”.

 

Dia da Consciência Negra

O Dia da Consciência Negra no Brasil é comemorado, sempre em 20 de novembro, data da morte de Zumbi dos Palmares, um escravo que foi líder do Quilombo dos Palmares e simbolizou a luta do negro contra a escravidão que sofriam os brasileiros de raça negra. Zumbi morreu enquanto defendia a sua comunidade e lutava pelos direitos do seu povo.

A data foi incluída em 2003 no calendário escolar nacional. Contudo, somente a Lei 12.519 de 2011 instituiu oficialmente o Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra.
A data virou feriado no Brasil, embora não seja adotado em todos os locais – é feriado em 1.047 municípios brasileiros.

No entanto, o Dia da Consciência Negra não celebra simplesmente a consciência afro-brasileira, que comemora 46 anos neste ano, mas relembra o aniversário da morte de Zumbi dos Palmares, líder da República dos Palmares – também conhecida como Quilombo dos Palmares – no dia 20 de novembro de 1695.

No dia da Consciência Negra o objetivo é fazer uma reflexão sobre o relevo da cultura e do povo africano e o impacto que tiveram na evolução da cultura brasileira. Sociologia, política, religião e gastronomia entre várias outras áreas, foram profundamente influenciadas pelas culturas negra e africanas. É dia de comemorar e mostrar profundo apreço e respeito pela cultura afro-brasileira.

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu