Banner Educar


DETERMINADA: Professora Ana Maria assume ensino médio em Parauapebas

DETERMINADA: Professora Ana Maria assume ensino médio em Parauapebas

Graduada em Letras e em Ciências Contábeis, pela Universidade Federal do Pará (UFPA), e em Artes, pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA), além de deter título de especialista na área da educação, Ana Maria é professora concursada pelo Estado, pelo município de Parauapebas e, mais recentemente, pelo Serviço Social da Indústria (Sesi). Agora, assumiu a liderança do mais alto cargo educacional do Governo do Pará no município e cuja atribuição é comandar todas as escolas da rede estadual, com subordinação imediata à 4ª Unidade Regional de Ensino (URE), com sede em Marabá.

Muito querida entre os alunos da Eduardo Angelim e benquista entre os educadores, Ana chega à direção da Escola-Sede em meio a uma greve estadual de professores, que lutam por melhores condições de trabalho e reajuste salarial, bem como em meio a críticas da sociedade inerentes à fraca atuação do Governo do Pará em Parauapebas, em todos os setores sociais.

Em entrevista à reportagem do Pebinha de Açúcar, a gestora destacou que seu trabalho objetiva resgatar o nome da Escola-Sede e mostrar à comunidade a relevância da rede estadual de ensino médio de Parauapebas, que tem gerado belos frutos – muitas vezes no anonimato – a partir de projetos desenvolvidos pelos educadores e, principalmente, por meio do desempenho dos alunos, que sempre se destacam nos vestibulares e seletivos de que participam.

NÚMEROS
Nos últimos cinco anos, por exemplo, as escolas da rede estadual de Parauapebas exportaram às universidades públicas de todo o país cerca de 400 aprovados nos mais diversos tipos de seleção, entre os 3.500 estudantes que concluíram o ensino médio no período. Só em Parauapebas, os cursos de graduação existentes têm 60% de suas cadeiras ocupadas por ex-alunos da rede estadual local.

De acordo com Ana Maria, um de seus desafios será trabalhar o diálogo e a parceria com outros diretores e com a 4ª URE, a fim de dar nova cara ao ensino médio municipal. Ela ressalta que o ensino médio tem tudo para deixar de ser motivo de crítica e tornar-se orgulho, visto que das unidades locais já saíram estudantes para cursos de Medicina, Direito, Engenharias, Enfermagem, Biomedicina, Veterinária, Agronomia, Licenciaturas, entre outros.
“Da nossa rede estadual temos hoje cidadãos que são médicos, advogados, engenheiros, arquitetos, professores universitários, procuradores, jornalistas, psicólogos, enfermeiros; temos alunos estudando nas Universidades Federal do Pará [UFPA], Federal Rural da Amazônia [Ufra], do Estado do Pará [Uepa], Federal do Sul e Sudeste do Pará [Unifesspa], Federal do Maranhão [UFMA], Federal do Tocantins [UFT] e até na Universidade de São Paulo [USP]”, informa, lembrando que ela mesma, agora diretora-sede, estudou na Eduardo Angelim na década de 1990.

Diretora-sede Ana Maria (à direita) ao lado de sua vice, Adriana
Diretora-sede Ana Maria (à direita) ao lado de sua vice, Adriana

APOIOS
Ao se dizer honrada de estar na condição de diretora, Ana Maria observa que o desafio é trabalhar em prol de um ensino público de qualidade, que esteja acima das estatísticas que mensuram o desenvolvimento educacional esperado, para que os alunos tenham orgulho de pertencer ao Estado. “Almejo, principalmente, que meus alunos possam prosperar, sendo profissionais qualificados, cidadãos bem sucedidos e humanos melhores e mais felizes”, assinala Ana, emocionada.

A diretora agradece a oportunidade que lhe foi confiada pelo Governo do Estado, por meio de seus representantes locais, como o vereador Major da Mactra e o chefe do Detran, Valmir Pereira. “O Major e o Valmir deram total apoio ao meu nome e confiaram em mim. Destaco, também, a valoroza contribuição da professora Alcinara Jadão, da 4ª URE de Marabá. Ela é uma grande gestora e me atribuiu a missão de cuidar da rede de Parauapebas. É um imenso desafio pela frente. Mas estou preparada e tenho experientes educadores a meu lado, como a própria Alcinada, com os quais posso contar para otimizar o trabalho aqui.”

Ana Maria pede à comunidade que confie em seu trabalho para que seja possível dar um retorno à altura das demandas de Parauapebas. “Já estou tomando pé da situação, visitando as escolas locais a fim de levantar as condições de nossas unidades. Agradeço às pessoas que confiaram em mim, meus colegas de trabalho, alunos e amigos. Essa causa é nossa, é social”, encerra.

Reportagem: A.S. – Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Fechar Menu
error: Reprodução proibida!