Publicidade

Eleições 2014: Políticos poderão pedir votos para 151.555 eleitores em Marabá

O Cartório Eleitoral de Marabá, sudeste do Pará, divulgou o número dos eleitores habilitados a participar das próximas eleições em outubro deste ano. São 151.555 eleitores confirmados somente em Marabá. Nas eleições de 2012, foram 144.248 eleitores, um aumento de 5,06%.

Os números foram divulgados por Antônio Araújo Moura, chefe da 23ª Zona Eleitoral de Marabá. De acordo com o chefe do cartório eleitoral, o programa para as urnas eletrônicas já foi consolidado, o que inviabilizaria quaisquer mudanças na sequência dos candidatos no momento da votação. “A última notícia que eu tinha era que haveria uma mudança na sequência de votação de deputado estadual e deputado federal.

Saraiva publicidade

Foi encaminhada essa proposta para o TSE (Tribunal Superior Eleitoral), mas o órgão informou que não haveria mais tempo hábil para fazer essas alterações porque os programas já estariam prontos”, declarou Antônio Moura.A situação foi debatida por conta de possíveis dúvidas que atrapalham alguns eleitores no momento da escolha de deputados federais e estaduais. Na dúvida, os eleitores poderiam anular um voto de um possível candidato imaginando ser para outra esfera.

“Se o eleitor tentar votar primeiro em um deputado federal imaginando ser um estadual, ele consegue votar na legenda e acaba anulando o voto”, explicou ele. “Então, a ordem é tentar votar naquele que tem maior quantidade de números para depois votar no que tem menos números para não perder esse voto”, disse o chefe do cartório marabaense.

PREPARATIVOS
A seleção dos mesários para trabalhar nas eleições em Marabá este ano já está sendo otimizada. Segundo Antônio Araújo Moura, chefe da 23ª Zona Eleitoral, os primeiros a serem convocados serão os servidores públicos, pela experiência que possuem em tratar com pessoas.

A partir do mês de julho, começará a convocação dos selecionados por meio de edital, segundo Antônio Moura.Se os convocados a participar das eleições como mesários e chefes de seção não puderem participar, deverão ir ao cartório eleitoral explicar por que não poderão participar. O convocado tem cinco dias, após ser oficializada a convocação. Se não comparecer no dia da eleição, o servidor público sofrerá 15 dias de suspensão e ficará pendente com a Justiça Eleitoral.

VOTAÇÃO
O 1º turno das eleições irá ocorrer no dia 5 de outubro e o 2º turno no dia 26 de outubro de 2014. O pleito vai eleger o presidente e vice-presidente da República; deputados federais; senadores; governadores e vice-governadores; deputados estaduais; o governador e vice-governador do Distrito Federal e os deputados do Distrito Federal.

Reportagem: DOL
Foto: Arquivo

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu