Publicidade

Em chapa única, OAB escolherá seus dirigentes em Parauapebas

Esta é a segunda vez que o ato eleitoral para a escolha do presidente da Subseção da OAB em Parauapebas será feita sem disputa.

O motivo foi o protocolo de registro de uma única chapa. A outra foi na reeleição do atual presidente, Deivid Benasor, quando foi aclamado.


Desta vez, a forma de escolha se repete e se dará no dia 28 de novembro, no período das 8 às 17 horas, através do voto obrigatório, tendo como votantes advogados com registro na OAB/Seção Pará e em dia com suas obrigações, que é o pagamento da anuidade para ter direito a participar do ato democrático.

Assim, a única apta a concorrer à presidência da entidade em Parauapebas é a advogada Maura Paulino, através da chapa “OAB segue em frente”.

“Desde a demonstração de ser candidata, manifestei meu apoio. Mas esperava que houvesse mais interessados em ser meu sucessor. Afinal, a disputa eleitoral através de diversas chapas consolida a democracia e fortalece o ato”, explica o presidente da OAB local, Deivid Benasor.

Deivid Benasor

 

Não é apenas em Parauapebas que a escolha da diretoria da OAB será feita em 28 de novembro, mas em todas as 25 subseções da Ordem no Pará.

O voto será dado também para a escolha da direção da OAB/Seção Pará, onde concorrem duas chapas: “OAB segue em frente”, encabeçada pelo atual presidente Alberto Campos, que concorre à reeleição; e “Avante”, encabeçada pelo advogado criminalista Osvaldo Serrão.

Ambos os mandatos (Seção e Subseção) têm duração de três anos, a contar de 1º de janeiro.

Após a posse da nova presidente, que será aclamada em chapa única, serão formadas comissões permanentes e comissões especiais, que possuem o trabalho voltado para uma temática específica, envolvendo diversos advogados que são chamados a contribuir voluntariamente com a sociedade, além de fazer que a Ordem cumpra sua função social (disciplina e defesa da atuação dos advogados; a defesa da Constituição, da ordem jurídica, dos direitos humanos e da justiça social) e sua finalidade (a defesa da Constituição, da ordem jurídica do Estado democrático de direito, dos direitos humanos, da justiça social e pugnar pela boa aplicação das leis, pela rápida administração da justiça e pelo aperfeiçoamento da cultura e das instituições).

Maura Paulino

 

“É de grande importância a aproximação da Ordem com a sociedade envolvida nos problemas da comunidade, pois, assim, podemos detectar com mais precisão suas necessidades e auxiliar dentro de nossas possibilidades”, afirma Maura Paulino, candidata única à presidência da Subseção da OAB em Parauapebas, detalhando ter como meta em sua gestão, caso seja eleita, a valorização dos advogados, com defesa intransigente das prerrogativas; combate do aviltamento dos honorários; fortalecimento das comissões temáticas, tendo como objetivo descentralizar a administração da Subseção, podendo realizar um trabalho mais efetivo; oferecer mais atenção ao jovem advogado, para que se sinta mais preparado para exercer sua função como profissional; e inclusão da OAB na sociedade.

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu