Publicidade
Esportes

EM CURITIBA: Parauapebas terá representantes nos Jogos Escolares da Juventude

O Pará já tem os seus representantes para a categoria A (12 a 14 anos) dos Jogos Escolares da Juventude, que serão realizados em Curitiba no período de 12 a 21 de setembro, sendo o maior celeiro de atletas Olímpicos do país, onde serão disputadas modalidades individuais (atletismo, badminton, ciclismo, ginástica rítmica, judô, luta olímpica, natação, tênis de mesa e xadrez) e coletivas (futsal, handebol, basquete e vôlei).

A etapa estadual das modalidades individuais, que selecionou os atletas paraenses que irão para as disputas nacionais, foi realizada em Belém nos meses de maio e junho. As disputas para a escolha dos representantes da categoria B (15 a 17), que representarão o Pará em Brasília – entre os dias 16 a 25 de novembro, serão realizadas em Castanhal, no período de 6 a 10 de setembro.

Neste domingo, 20, no município de Abaetetuba, foram selecionados os representantes das modalidades coletivas, os finalistas mostraram muita força e garra, o que fez das finais algo bem emocionante.

No handebol, tanto no feminino quanto no masculino, o município de Parauapebas levou o título de campeão estadual da modalidade e se classificou para a etapa nacional. No masculino, os atletas de Parauapebas, representados pela Escola Municipal Fernando Pessoa, realizaram um jogo bastante acirrado contra a equipe de Breves, da Escola Municipal Estevão Gomes. O jogo, que inclusive foi para a prorrogação, terminou com o placar de 24 a 18.

As meninas do handebol de Parauapebas também derrotaram o time de Breves pelo placar de 17 a 11 e levaram a vaga para a nacional. “Esperamos fazer o melhor e representar muito bem o nosso estado, estamos muito felizes por poder competir nacionalmente, treinamos quatro anos sem parar para poder ter, hoje, essa alegria”, disse Francilene Barbosa, de 14 anos, da Escola Municipal Fernando Pessoa.

No vôlei, os meninos de Portel, da Escola Municipal Abel Nunes de Figueiredo, surpreenderam com muita garra e no quinto set conseguiram vencer a equipe de Belém do Colégio Santa Rosa. O time do Marajó ficou muito feliz pelo título inédito e pela importante conquista de uma escola municipal do interior, mostrando que o esporte estudantil de qualidade está avançando e chegando em todos os cantos do Pará, em função de uma política efetiva e eficiente sobre desporto escolar que vem sendo realizada pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc) por meio do Núcleo de Esporte e Lazer (NEL) e com total apoio das prefeituras.

“Está sendo maravilhoso tudo isso para nós, nunca o nosso município havia conquistado uma etapa estadual e, principalmente, contra uma escola como a Santa Rosa, que tem muita força no vôlei. Estamos conscientes que a etapa nacional não será fácil, mas vamos treinar muito para fazer um bom campeonato e trazer os melhores lugares para o estado do Pará, e para isso contamos com o empenho e apoio dos nossos professores”, declarou Luiz Otávio Amaral, 14 anos, capitão da equipe de Portel.

Já no vôlei feminino, o Colégio Gentil Bittencourt, de Belém, venceu a Escola Abel Nunes de Figueiredo por 3 sets a 0 e ficou com a vaga da nacional. No futsal feminino o Colégio Santa Madre venceu a Escola Estadual Padre Dubois, de Salinópolis, em um jogo bem disputado, que terminou com o placar de 3×2 para os belenenses.

No futsal masculino, a Escola Estadual Justo Chermont perdeu a vaga para a nacional jogando contra a equipe do Colégio Santa Madre, de Belém, encerrando a partida com o placar de 3×0. Os alunos-atletas do Justo Chermont ficaram muito tristes com a derrota, mas conscientes de que os trabalhos e treinos precisam continuar para que no próximo ano possam ser vitoriosos.

“A competição foi muito boa. Apesar de termos perdido na final, nós tivemos um importante desempenho e fizemos tudo o que estava ao nosso alcance. Sabemos que precisamos melhorar e treinar muito mais para que no próximo ano possamos ser campeões, um grito que vai ficar guardado aqui no peito”, disse emocionado Pedro Henrique, da Escola Justo Chermont.

No basquete feminino, o Colégio Santa Catarina de Sena, de Belém, conquistou a vaga para a nacional vencendo a equipe da Escola Estadual Leonardo Negrão, de Abaetetuba. Já no basquete masculino, o Colégio Gentil Bittencourt venceu a Escola Municipal Rafael Gonzaga, do município de Portel, e se classificou para os Jogos Escolares da Juventude.

Ana Glória Guerreiro, coordenadora do NEL, fez uma avaliação positiva da competição. “Nós alcançamos o objetivo de fazer um intercâmbio. Alunos de Belém, que nunca haviam competido fora da capital, puderam conhecer a realidade dos alunos do interior, que viajam para competir em Belém. Eles ficaram em alojamentos e fizeram a refeição junto com os demais atletas do interior, isso foi muito bom, todos os atletas gostaram e seus familiares também elogiaram a atitude da Seduc no sentido de promover essa integração”.

Reportagem: Eliane Cardoso

Publicidade

Pebinha de Açúcar Comunicação & Marketing LTDA-ME
CNPJ: 05.200.883.0001-05 Parauapebas-Pará-Brasil
(94) 99121-9293 | (94) 981342558

Todos os direitos reservados © 2017 Pebinha de Açúcar Comunicação & Marketing Ltda-ME
Desenvolvimento Web: Agência Maktub

To Top
error: Reprodução proibida!