Publicidade

Esporte parauapebense em luto; Islander Souza morre vítima de câncer

É com grande consternação que este portal de notícias comunica a morte do esportista Islander Souza, um dos pioneiros do jiu jitsu parauapebense. A triste notícia foi dada pela manhã deste sábado (23) pela própria esposa dele.

Sempre com o slogan de que o jiu jitsu salva vidas – e ele salvou muitas com sua vontade de ajudar – Islander era faixa preta e trabalhou muito com diversos atletas em sua escola que levava seu nome e sobrenome. Atletas estes que se destacaram em várias competições.


Com 43 anos, Islander lutava contra um câncer e ultimamente havia se mudado de Parauapebas para Ubaitaba no Sul da Bahia, onde a maioria da família reside. O tratamento do mestre, como também era carinhosamente chamado, ocorria em Itabuna, também na Bahia.

 

Islander foi um grande disseminador da arte de ajudar por meio do jiu jitsu, de livrar os jovens do sedentarismo, mas também os afastar da criminalidade e das drogas. “Ele salvou minha vida, eu era sedentário, nem conseguia sequer brincar com meu filho, foi aí que o conheci por meio do jiu jitsu e minha vida mudou completamente. Sou muito grato ao Islander, perdemos um grande guerreiro, um paizão”, afirmou Thiellis Tinelli, um dos alunos e admirador de Islander.

Pelas redes sociais, dezenas de alunos e amigos pessoais de Islander lamentaram a morte do mestre. Ele deixa esposa e dois filhos menores de idade.

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu