Publicidade

Estelionatário usa perfil fake no whatsapp para comercializar veículos retidos no pátio do Detran

O caso se tornou público, apesar do pedido de sigilo do autor do “golpe”, que tenta se passar pelo coordenador do Departamento Municipal de Trânsito e Transporte de Parauapebas (DMTT), Glauber Mota.

A ação do estelionatário, ainda não identificado, foi notada por amigos que logo se certificaram ser ação não condizente com a do verdadeiro Glauber Mota e trataram de avisá-lo, para que tomasse as devidas providências e evite tanto a má fé vinculada a seu nome como também prejuízos a pessoas que viessem a cair no golpe.


Trata-se da oferta de motocicletas apreendidas no pátio do Detran e do DMTT “postas à venda” a baixos preços. O estelionatário envia fotos pelo aplicativo de mensagens instantâneas e assim negocia com o interessado, passando-se pelo servidor público que, por exercer cargo de chefia no Departamento de Trânsito, ajuda a facilitar que as pessoas acreditem ser algo confiável e caiam no golpe, efetuando parte do pagamento antecipado, modus operandi próprio de quem pratica este tipo de fraude.

As mensagens são envidas através do telefone celular com o número (94) 99111-6144, tendo em seu perfil do whatsapp uma foto de Glauber. Porém, ao ligar no citado número, dá sempre caixa postal. Quando convidado para conversar e negociar pessoalmente, o criminoso nunca aparece.

 

Ciente de que seu nome e foto estão sendo usados indevidamente, Glauber Mota tratou de comunicar o fato aos meios de comunicação, para que divulguem o caso e preservem as pessoas para não caírem no golpe; e também à polícia, para que proceda as investigações e chegue ao responsável pelo ato criminoso ou possivelmente a uma organização criminosa.

A Prefeitura de Parauapebas, através da Assessoria de Comunicação (Ascom), se pronunciou através de nota, na qual alerta as pessoas. Confira a nota na íntegra:

“A Prefeitura de Parauapebas alerta a população para um golpe que vem sendo aplicado na cidade pelas redes sociais, com o uso de um perfil falso do coordenador Glauber Mota, do Departamento Municipal de Trânsito e Transporte (DMTT). Passando-se pelo coordenador, o criminoso oferece veículos apreendidos pelo Detran que irão a leilão.

A prefeitura enfatiza que nenhum funcionário do DMTT mantém qualquer ingerência ou relação com o leilão, que irá vender 1.218 veículos neste trimestre em todo o Pará. Em sendo assim, o governo municipal reforça o alerta sobre o golpe e solicita que as vítimas denunciem o crime à polícia”.

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu