Banner Educar


Estudante da UFRA Parauapebas é encontrado morto com tiro na cabeça

Estudante da UFRA Parauapebas é encontrado morto com tiro na cabeça

Estarrecida. Assim está a classe universitária de Parauapebas. O aluno Duane Silva Sousa, 32 anos, que cursava engenharia de produção no turno da noite na Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra), foi encontrado morto às margens da nova Estrada de Ferro Carajás que leva ao projeto S11D. Conforme informações da polícia, a aproximadamente um quilômetro do novo viaduto construído pela Vale.

A tragédia foi registrada ontem (17). Os policiais acreditam que Duane tenha sido abordado por bandido (s) na saída da faculdade ou mesmo na rodovia PA-275. Ele estava sobre uma moto Pop 100, que teria sido levada.

A vítima foi encontrada de bruços e com um tiro na face, próximo ao nariz. Tudo leva a crer que tenha sido latrocínio.

Foto da vítima, ainda em vida

Gente boa – Pacato, honesto, trabalhador e estudioso. Assim era qualificado o jovem universitário, tanto por amigos, como família.

Aos companheiros de classe e trabalho do rapaz, a notícia caiu como uma “bomba”. Duane tinha um sonho de se formar e batalhava para isso.

O crime deixou estudantes da Ufra extremamente abalados, principalmente com a insegurança que aflige o colegiado, com relevância, os que estudam pela noite.

A Ufra é localizada há mais de cinco quilômetros do centro urbano. Quem chega ou sai pela noite tem de enfrentar a escuridão da PA-275 e a via que dá acesso ao Campus, que não conta com policiamento.

O dia de quarta-feira (18) foi de luto, declarado pela diretora do Campus, Kaliandra Souza.

Reportagem: Vinícios Nogueira / Papo Carajás

Fechar Menu
error: Reprodução proibida!