Publicidade

Estudantes do Curso de Direito utilizam o Disque Denúncia como fonte de pesquisa acadêmica

O Trabalho Escravo com ênfase na cidade de Marabá foi o tema escolhido pela turma. Janayna Passos, uma das universitárias, disse estar muito empolgada com o trabalho de campo, ” escolhemos o disque denúncia porque além de ser um importante órgão no combate à criminalidade, os dados, subsidiarão no tema que pretendemos desenvolver, em breve estaremos expondo à turma e dependendo da repercussão, o trabalho poderá virar projeto de pesquisa”. (Disse a universitária).

Os acadêmicos ainda conheceram o projeto que o Disque Denúncia Sudeste do Pará irá desenvolver em breve, que por coincidência, o tema também se refere à Exploração do Trabalho Escravo e Tráfico de Pessoas. Segundo a Coordenadora, Hellen Araújo, o projeto abrangerá cerca de 14 municípios de todo o Sudeste do Estado, “o projeto será realizado através de campanhas, recebemos muitas denúncias em relação ao trabalho escravo, segundo informações do Ministério do Trabalho e Emprego, o município de Marabá, foi o campeão nacional em 2012 com maiores índices de trabalhadores escravos resgatados em operações, fiscalizações do trabalho, infelizmente o Pará continua no Ranking da escravidão nacional, os números são do Governo Federal”, finalizou.


Denuncie, Trabalho Escravo é Crime! ANONIMATO GARANTIDO!

Disque Denúncia Marabá (94) 3312-3350
Disque Denúncia de Parauapebas-PA (94) 3346-2250
Whatsapp: (94) 98198-3350

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu