Publicidade

Feirantes reclamam de queda nas vendas após remoção da Feira do Produtor

Desde que foram remanejados da área interna da Feira do Produtor em meados do mês passado para o Centro de Abastecimento de Parauapebas (CAP), os feirantes estão encontrando diversas dificuldades para continuarem tirando seus sustentos da atividade.

Raimunda Mara Cardoso trabalha no ramo desde que a feira foi fundada quinze anos atrás e não está satisfeita com o pouco movimento nas vendas. “Sexta-feira e sábado são os dias que aparecem um pouco mais de consumidores, nos outros dias o lugar fica praticamente abandonado. A localização aqui é difícil, lá o povo ia a pé e aqui só vêm que tem carro”, atribuiu o pequeno movimento a distância de um centro.


Já a vendedora de ervas Maria Pereira da Silva diz que as vendas andam fracas porque alguns vendedores continuam comercializando produtos na área externa. “Nem os próprios feirantes estão vindo trabalhar de tão desanimados que estão, alguns resolveram voltar para a antiga feira, quem continua lá (na Feira do Produtor) está vendendo o dobro que nós. Os fornecedores preferem entregar mercadorias para eles porque sabem que têm retorno, as poucas que trazem para nós estragam com facilidade por causa da volta ventilação que temos aqui”, relatou a feirante acrescentando que o futuro de todos no CAP é incerto. “Eu e a maioria estamos insatisfeitos, só viemos porque formos obrigados, apesar de o local ser mais adequado não está trazendo dinheiro para sustentar nossas famílias, até parei de vender algumas mercadorias porque não saem”, destacou.

A vendedora de mariscos Maria Joana Lobato confirma que o momento não é bom para quem precisa das vendas para viver, mas está otimista e acredita que a situação vai melhorar. “Faz menos de dois meses que mudamos de uma feira muito conhecida, as pessoas precisam acostumar com a ideia de que estamos em um lugar, apesar de o movimento está fraco eu acredito que é por pouco tempo”, pontuou ela elogiando a limpeza do local que é feita pelos servidores públicos municipais.

Reportagem e foto: Natália Rosa – Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu