Publicidade

Final de semana sangrento na região: Onze mortes violentas por acidente de trânsito e homicídio

Os municípios de Parauapebas, Canaã dos Carajás, Marabá e São Domingos do Araguaia registraram no final de semana onze mortes violentas provocadas por homicídios e acidentes de trânsito.

Em Parauapebas, foram vítimas de assassinato Erisnaldo da Conceição Sales e Raimundo Nonato Bezerra Fonteli; em Canaã, Rodrigo Conceição Oliveira, por acidente; em Marabá, Manoel Marinho de Souza Filho, Maicon Jansen da Silva, Vanderlei de Jesus Oliveira e Cleilson de Alencar Pereira (por assassinato) e Rogério Sampaio Castro e Mateus Duarte Aguiar (acidente); e em São Domingos, por acidente de trânsito, o soldado PM Felipe Vidal da Costa e a sobrinha Elizete Bastos Vidal.


São Domingos
Conforme apurou a reportagem junto à polícia, o acidente de trânsito que vitimou tio e sobrinha, deixando-os carbonizados, aconteceu no final da tarde da última quinta-feira (3) na BR 230 (Rodovia Transamazônica), a 8 quilômetros do centro de São Domingos do Araguaia, envolvendo cinco veículos.

Felipe Vidal, 21 anos, policial militar, e a tia dele, Elizete Vidal, 48, viajavam com outros familiares num Celta com destino a Jacundá, quando sofreram o trágico acidente, provocado por falta de visibilidade em razão de queimada à beira da pista.

O Celta pegou fogo pelas chamas do incêndio. Por causa da densa fumaça, outros carros se envolveram no acidente. Demais integrantes da família escaparam com vida, com pequenas escoriações pelo corpo.

Canaã dos Carajás
O acidente que vitimou Rodrigo da Conceição, 19 anos, ocorreu na noite de domingo (6) na Rodovia PA 160. A vítima viajava numa motocicleta em direção a Canaã e foi atingida na traseira por outro veículo até então não identificado e arremessado para a pista de rolamento.

“O motorista do veículo derrubou a vítima da moto, passou o carro sobre o corpo do rapaz e foi embora sem prestar socorro à vítima”, explica Sebastião Odair da Rocha, cunhado de Rodrigo da Conceição.

Parauapebas
Na morte de Erisnaldo da Conceição, 25 anos, consta como principal suspeito do assassinato o próprio irmão, Erismar da Conceição Sales, 23 anos, que já se encontra preso desde a madrugada de domingo (6) à disposição da Justiça. Erisnaldo sofreu várias facadas (duas no peito e uma na região lombar) no quintal da casa localizada no Bairro Tropical II.

Já Raimundo Nonato Fonteli, de 20 anos, segundo a polícia, foi executado pela dupla Blendson dos Santos Oliveira e Rafael Ferreira de Souza, que já se encontra presa desde a noite de segunda-feira (7). O corpo da vítima foi encontrado no Bairro Nova Vida II, na noite de domingo, com as mãos amarradas para trás, com vários ferimentos pelo corpo provocados por seis disparos de arma de fogo e várias pauladas na cabeça.

Marabá
O menino Mateus Aguiar, de apenas 2 anos de idade, morreu na manhã desta segunda-feira (7), após o carro do pai dele, um Corsa, ter colidido contra um Palio na BR 222, em frente ao Bairro Francolândia. Segundo relato de agentes da Polícia Rodoviária Federal, o genitor da criança, Vicente Ribeiro de Aguiar, rodou o veículo na contramão, após cochilar ao volante, e acabou sendo atingido pelo Palio, cujo motorista não foi identificado.

Vanderlei de Jesus, conhecido por “Pelado”, 26 anos, que há sete meses havia deixado a penitenciária Mariano Antunes, em Marabá, onde cumpria pena pelo crime de tráfico de drogas, foi executado a tiros no último domingo (6) no Bairro Morada Nova. A polícia acredita que o homicídio possa ter ocorrido por acerto de contas.

Por sua vez, Maicon Jansen, 20 anos, foi vítima de disparos de arma de fogo na noite de sábado (5), na Folha 6, Bairro Nova Marabá. Já Manoel Marinho Filho, de 43 anos, perdeu a vida, a tiros, no Bairro Laranjeiras; Cleilson de Alencar, 27 anos, foi vítima de pancadas na cabeça; enquanto Rogério Castro, 25 anos de idade, morreu no hospital municipal, vítima de acidente de trânsito.

Reportagem: Vela Preta / Waldyr Silva

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu