Publicidade

GAMP diz que pagamentos de salários atrasados no HGP dependem da Prefeitura

Durante a última quinta-feira (13) a equipe de reportagens do Portal Pebinha de Açúcar publicou uma matéria com o título: “Funcionários de empresa que administra o HGP reclamam de salários atrasados”.

Na manhã desta sexta-feira (14), a Assessoria de Comunicação (ASCOM) do GAMP, encaminhou nota à equipe de reportagens do Pebinha de Açúcar e disse que o repasse de recursos para que os salários sejam pagos depende da Prefeitura Municipal de Parauapebas, e que na próxima semana os problemas seriam solucionados. Confira abaixo a nota na íntegra:


“O Hospital Geral de Parauapebas está em plena atividade atendendo a população com os serviços de Maternidade, Núcleo de Diagnóstico que inclui telemedicina de ponta em centros de referência Nacional, Centro Cirúrgico com Cirurgias de Baixa, Média e Alta Complexidade; Mamografia; Clínicas Médica e Cirúrgica; Serviços de UCI (Unidade de Cuidados Intermediários); Unidade de Tratamento Intensivo-UTI Adulto com 10 leitos e Hemodiálise com 42 pacientes da Rede. Os pacientes renais são os mais beneficiados, já que tinham que se deslocar a outras cidades para receber o tratamento em jornadas que chegavam a durar 15 horas diárias, segundo depoimentos colhidos.

Essa melhoria só foi possível com a celebração de Contrato de Parceria entre a Prefeitura Municipal de Parauapebas e a Organização Social GAMP – Grupo de Apoio à Medicina Preventiva e à Saúde Pública, empresa que já atua há mais de dez anos no mercado, com relevantes serviços prestados.
O GAMP implantou o Sistema de Gestão de Alta Qualidade utilizando de tecnologia de ponta para otimizar o atendimento e vem cumprindo  tudo o que está pactuado no contrato. Cabe à Prefeitura efetuar os repasses devidos para que sejam honrados os compromissos assumidos, o que deve acontecer até a próxima semana”.

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu