Publicidade

Geólogo que descobriu jazidas de Carajás ministra palestra nesta quinta-feira

Aproveitando a vinda do geólogo Breno Augusto dos Santos, que descobriu a primeira jazida de minério de ferro na Serra dos Carajás em 1967, a Secretaria Municipal de Cultural de Parauapebas (Secult), através do Museu Municipal de Parauapebas, o convidou para ministrar a palestra com o tema “Carajás: Um caso histórico”, a ser realizada no auditório do Centro Universitário de Parauapebas (Ceup), quinta-feira (22), às 19 horas, quando serão contados detalhes da grande descoberta, que culminou com a criação da cidade de Parauapebas.

A palestra será aberta à comunidade e contará com a presença de autoridades, estudantes e população em geral. Na ocasião, Breno dos Santos receberá o título de Cidadão de Parauapebas. O geólogo se encontra em Parauapebas desenvolvendo um trabalho, mas aceitou o convite da Secult para participar de alguns eventos, inclusive, como é um dos intermediadores da construção do Museu de Parauapebas, fará parte da mesa, quando será anunciada oficialmente a conquista da área para construção do mesmo.

Saraiva publicidade

Histórico – Em um voo de helicóptero, o geólogo Breno dos Santos, então funcionário da US Steel, foi obrigado a realizar um pouso de emergência em uma clareira na região. Mas aquela clareira não era proposital, eles haviam pousado em uma “canga”, região onde o minério de ferro está tão rente à superfície que a vegetação não consegue crescer de forma normal. O geólogo, durante o voo, havia notado diversas clareiras como aquela pela região, o que não é nada comum. Estava descoberta a maior reserva de minério de ferro do mundo.

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu