Publicidade

Helder Barbalho perde em Ananindeua, onde já foi prefeito

O candidato compareceu com a família ao lado do candidato eleito para o Senado, Paulo Rocha (PT), e candidatos para deputados estaduais e federais. Mesmo tendo vencido o primeiro turno no Estado por uma pequena margem, Helder perdeu em Ananindeua, município onde foi prefeito por dois mandatos, por uma diferença de 18% de votos para o governador Simão Jatene. No município Simão Jatene venceu com 118.664 votos (57,01%) contra 82.087 (37,44%) de Helder. Para o candidato do PMDB, a derrota no antigo reduto eleitoral não representa uma desaprovação do seu mandato, mas a utilização de máquina pública durante a campanha.

“O importante é que no resultado a nível estadual tivemos a oportunidade de ter a solidariedade do povo do Pará”, declarou. Para ele, as alianças irão se fortalecer no segundo turno. Helder ainda elogiou o candidato eleito ao Senado Paulo Rocha. “Queria parabenizar a aliança e a coligação que elege senador da República. O povo do Pará cresce com sua representação no Senado”, disse.


Helder agradeceu ao povo do Pará, aos candidatos a deputados estaduais e federais, à militância e à família pelo resultado. Ele disse que ficou feliz em eleger a maior bancada estadual e federal. Helder ainda afirmou que pretende, caso seja eleito, manter os projetos do atual governo como Propaz, Cheque Moradia e as obras que estão em andamento no Estado.

“Nosso governo será de ganhos e não de perdas, o governo de avançar e não de interromper. Eu repudio qualquer postura pequena daqueles que acham que a administração pública é de utilidade pessoal. A administração pública é impessoal, e nós dá compreensão, que deve ser prosseguido, independente de quem iniciou ou fez. A administração subseqüente deve dar prosseguimento inclusive pelos interesses da sociedade. Portanto, obras inconclusas serão construídas, projetos em andamento serão preservados porque o meu interesse é com a sociedade paraense e não com um projeto isolado que possa ser conveniente a qualquer partido dessa natureza”, afirmou.

Reportagem e foto: ORM News

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu