Publicidade

Imprudência foi a causa de acidente na Estrada de Acesso à Carajás que matou três pessoas

Ainda repercute em Parauapebas e região um acidente fatal que aconteceu na tarde de sábado (17), por volta das 16h00min, envolvendo três veículos, sendo um caminhão da “Casa Própria Materiais para Construção”, um veículo modelo Siena de cor preta e um carro modelo Celta.

Em declarações prestadas à reportagem do Portal Pebinha de Açúcar pelo Sargento Valdireno, do Corpo de Bombeiros de Parauapebas, ele afirma que motorista do caminhão foi imprudente e fez uma ultrapassagem em local proibido, vindo a colidir frontalmente com o Siena que estava sendo conduzido por um integrante de uma família que reside no município de Araguatins-TO. Os integrantes da família estavam no município de Parauapebas visitando o núcleo urbano de Carajás e provavelmente no momento do acidente, a família estava descendo a Serra dos Carajás, onde minutos antes estava visitando o Parque Zoobotânico.


“Fomos acionados e nos deslocamos ao local do acidente em uma ambulância, porém tivemos dificuldades porque a viatura não tinha desencarcerador, tendo em vista que tinham duas vítimas presas nas ferragens. Conseguimos tirar as as vítimas das ferragens ainda com vidas com o apoio de Bombeiros Industriais que prestam serviços para a Mineradora Vale. As pessoas que estavam no Siena vinham no veículo descendo a Serra dos Carajás, provavelmente do Parque Zoobotânico e o caminhão fez uma ultrapassagem em local não permitido e bateu de frente com o Siena. Um terceiro carro para não bater nos dois, desviou e caiu num barranco. Este veículo estava ocupado por um casal, porém não tiveram ferimentos graves”, relatou o Sargento Valdireno.

A operação dos Bombeiros e outros agentes de resgates demorou em torno de duas horas e o acidente contou com vários feridos.
Além das três pessoas que perderam a vida no acidente, outras ficaram feridas. São elas: Geciane Barbosa da Silva de 25 anos de idade, que teve um de seus braços amputados, Flávia Sousa Mota de 15 anos, que está em estado de choque e Maria Rio da Silva, que está grávida, perdeu o filho que estava esperando e fraturou uma de suas pernas.

Reportagem: Bariloche Silva – Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu