Integração Nacional aprova investimento de R$ 313 milhões para prevenir desastres no Pará

Integração Nacional aprova investimento de R$ 313 milhões para prevenir desastres no Pará

Recursos anunciados pela Pasta vão beneficiar 3,5 milhões de paraenses em 15 municípios

O Ministério da Integração Nacional chega ao final de 2017 com um volume recorde de investimentos no Pará. A Pasta anunciou o valor de R$ 313, 3 milhões para ações de prevenção em áreas de risco em todo o estado. Cerca de 3,5 milhões de habitantes em 15 municípios serão beneficiados com as obras.

Algumas delas já foram iniciadas, como em Belém e Santarém. A capital vai receber R$ 23,1 milhões para a reconstrução de muros de contenção ao longo da orla de dez praias na Ilha do Mosqueiro. O local sofre com a força das marés, que tem causado inundações e erosões no solo. Em Santarém, o repasse de R$ 72,1 milhões vai custear a construção de um muro de contenção da Avenida 7 de Setembro à Rua Vera Paz, além de seis píeres, com 110 metros de comprimento cada.

Em Marabá, a transferência de R$ 66,8 milhões será usada para a construção de cais de contenção e de trapiches de embarque e desembarque em alguns dos principais bairros da cidade. Para o município de Ananindeua, estão reservados R$ 25,6 milhões para a construção de canais que vão prevenir inundações e erosões.

Cerca de R$ 18,9 milhões serão destinados para Castanhal – o montante será usado na instalação de canais de concreto, que vão diminuir os riscos para a população durante períodos de inundações. O município de Abaetetuba vai receber R$ 18,7 milhões para construir um cais de arrimo e para executar obras de pavimentação, terraplanagem e drenagem pluvial, entre outros.

O Ministério da Integração também reservou R$ 16 milhões para Monte Alegre; R$ 15,9 milhões para Altamira; R$ 13,5 milhões para Curuçá; R$ 12,8 milhões para Itaituba; R$ 8 milhões para Cametá; R$ 8 milhões para Salvaterra, e R$ 6 milhões para Mãe do Rio. Em todos estes municípios, os recursos serão usados em obras preventivas a desastres ocasionados por enchentes, enxurradas e erosões.

A Pasta vai destinar outros R$ 3,8 milhões para Redenção. A verba vai permitir a construção de três pontes de concreto e a execução de ações de microdrenagem pluvial. Já o município de Ponta de Pedras receberá R$ 3,3 milhões para a construção de dois muros de arrimo, ao longo da Rodovia Mangabeira.

Fechar Menu
error: Reprodução proibida!
Portal Pebinha de Açúcar 11 anos | Você merece o melhor conteúdo!
toggle