Publicidade

Juíza dá bronca em vereadores eleitos durante diplomação em Parauapebas

Na manhã da última sexta-feira (9), o Fórum Eleitoral em Parauapebas ficou lotado durante a diplomação dos vereadores eleitos nas eleições que ocorreram em outubro, do prefeito Darci Lermen (PMDB) e vice-prefeito Sérgio Balduíno (PSB).

Durante a solenidade, além dos presentes que levaram bronca por conta do barulho, alguns foram convidados a se retirar do local pela juíza Eliene Salgado, que se irritou por mais de uma vez com a situação.


Mas não foram só eles, a juíza Eliene Salgado Vieira, que conduziu as últimas eleições, antes de fazer a entrega do diploma a cada eleito, se dirigiu aos vereadores e disse que o assistencialismo feito pelos parlamentares vai acabar. “Vamos acabar nesta cidade com assistencialismo, então vereadores, vocês não servem para indicar pessoas para arrumar emprego, vocês não servem para fazer indicação para secretaria”, disse.

Outra crítica feita pela magistrada foi direcionada aos vereadores ligados a secretarias do atual governo. Para Salgado, as secretarias devem exclusivamente ser da responsabilidade do prefeito e jamais ter qualquer relação com vereadores. “Ser dono de secretaria, vamos acabar com isso”, afirmou a magistrada.

O Promotor de Justiça, responsável pela 4ª Promotoria de Justiça em Parauapebas, Hélio Rubens Pereira, também teceu críticas a prática, segundo o representante do Ministério Público, existem investigações em curso. “O vereador não pode indicar o filho para ser secretário, isso existe e é objeto de investigação”, relatou.

Hélio Rubens relatou também que o Ministério Público Estadual (MPPA) flagrou por meio de grampo telefônico, vereador indicando mais de 200 pessoas para uma secretaria, que também é alvo de investigação.

Durante a solenidade, o vereador eleito Joel do Sindicato não pôde ser diplomado, após ter passado mal. Já os demais receberam seus diplomas das mãos da magistrada, inclusive o vereador afastado Maridé Gomes (PSC). A posse dos eleitos ocorrerá em primeiro de janeiro de 2017.

Reportagem: Jéssica Diniz / Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu