Banner Educar


Juíza Eline Salgado se emociona ao receber título de Cidadã Honorária de Parauapebas

Juíza Eline Salgado se emociona ao receber título de Cidadã Honorária de Parauapebas

Em sessão solene realizada na última terça-feira (12), a juíza de direito Eline Salgado Vieira recebeu o título de Cidadã Honorária de Parauapebas concedido pela Câmara Municipal. A homenagem foi proposta por meio do Decreto Legislativo nº 3/2017, de autoria do presidente da Casa de Leis, Elias Ferreira (PSB), e da vereadora Eliene Soares (PMDB).

Para Eliene, a comenda é uma maneira de reconhecer os trabalhos prestados pela magistrada ao município. A parlamentar também ressaltou a importância de ter mulheres na política e no Judiciário. “Acreditamos que um dia teremos mais mulheres no poder. É uma honra muito grande poder lhe homenagear. A senhora já faz parte da história do nosso município, pois tem trabalho social e é uma mulher de pulso forte. Parabéns pelo seu excelente trabalho e por termos mulheres juízas na cidade”.

Elias Ferreira também utilizou a tribuna para parabenizar a juíza. “A senhora merece esta justa homenagem por seus relevantes serviços prestados a Parauapebas, por estar sempre engajada nas causas sociais e ter uma conduta ética. Desejo que continue por muitos anos contribuindo com Parauapebas. Que Deus a abençoe sempre, parabéns”.

Em seguida, Eline Salgado, que atua em Parauapebas desde junho de 2008, agradeceu pelo título e ressaltou a necessidade dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário trabalharem de forma conjunta.
“Estou muito honrada por receber este título. É a melhor coisa que me aconteceu em Parauapebas. Em junho do ano que vem completarei 10 anos aqui e não pretendo sair tão cedo, porque acho importante contribuir com a cidadania do município. Acho que nós, todos os poderes, somos só um poder. Se a gente conseguir se unir, vamos conseguir alcançar muitas coisas. Essa diferença entre os partidos é indiferente, porque todos vocês estão lutando por um bem comum, a cidadania de Parauapebas”, relatou Eline, que não conteve as lágrimas e se emocionou bastante com a homenagem.

A magistrada destacou ainda a importância de ter mulheres em cargos de poder. “Quero aqui homenagear as mulheres porque eu sei o quanto custa para as mulheres chegarem ao poder. Aqui no Pará, nós do Judiciário temos uma vantagem: somos a maioria. Em Parauapebas também somos três juízas e dois juízes. Somos nós que mandamos. Que isso fique bem claro para todos. Nós podemos menstruar e chorar, mas somos fortes, não se enganem, porque nós podemos tudo. Só espero que na próxima eleição tenhamos mais mulheres. Precisamos ser representadas em Brasília e no Pará, em Belém. Estou tão emocionada com essa homenagem que me dá vontade de chorar. É a melhor homenagem que já recebi e ficará guardada para sempre no meu coração. Isso é muito importante para mim”, finalizou.

Biografia

Eline Salgado nasceu na cidade de Juruti, região oeste do Pará. É graduada em Direito pela Universidade Federal do Pará, bacharela em Administração pela Faculdade Moderno, pós-graduada em Direito Empresarial pela Universidade Mackenzie, pós-graduada em Direito Tributário pela PUC São Paulo e pós-graduada em Direito Registral pela Escola Paulista da Magistratura.

Advogou por 17 anos nas áreas empresarial, bancária e trabalhista; e ingressou na carreira da magistratura como juíza de direito substituta em 30 de janeiro de 2003.

Desde que veio para Parauapebas, em junho de 2008, já realizou aproximadamente dois mil casamentos; é coordenadora do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) no município, onde já foram homologados, de janeiro de 2015 até setembro deste ano, 9.849 acordos. A magistrada realizou também mutirões para agilizar as demandas dos processos que envolvem direito de família, consumidor e dívidas bancárias.
Eline ainda atuou na 75ª Zona Eleitoral, que compreende as comarcas de Parauapebas e Canaã dos Carajás, e desde 2016 é diretora do Fórum de Parauapebas.

Reportagem: Nayara Cristina / Revisão: Waldyr Silva

Fechar Menu
error: Reprodução proibida!