Publicidade
Esportes

Liga Esportiva interdita estádio Rosenão por dois meses

O presidente da Liga Esportiva de Parauapebas (LEP), Elder Santos, anunciou na última terça-feira (3), que o estádio Rosenão, localizado no bairro Liberdade, está interditado por dois meses em decorrência da estrutura que estaria precária, de acordo com avaliação da entidade.

Elder Santos, que tomou posse como presidente da LEP no último domingo (1), alega que não há condições estruturais para que sejam realizadas atividades no estádio em sua condição atual. No mês de março começam as competições municipais e segundo ele, foi feito um levantamento de toda a estrutura, vários problemas foram detectados como doze refletores que não estão funcionando, portões e banheiros quebrados, além da falta de manutenção em vários pontos do estádio. “Eu já estava ciente disso, fiz um levantamento, tem portão caído, tem uma estrutura das cabines que também corre risco, o gramado não tem condições de praticar o futebol”, disse.

De acordo com a Liga, a interdição foi um ato administrativo e por isso não contou com laudo pericial do Corpo de Bombeiros, Elder Santos alega que a Liga Esportiva não tem recursos para realizar as reformas, e por isso foi marcada para a próxima quinta-feira (5) uma reunião com o Secretário Municipal de Esporte (SEMEL), empossado na última segunda-feira (2), Laoreci Diniz, para, segundo ele, tratar de que forma a secretaria pode contribuir com a reforma do estádio.

De acordo com Santos, a Liga Esportiva está ciente do momento difícil pelo qual vem passando o município e, por isso, procura também contribuições da iniciativa privada: “Nós estamos cientes do momento difícil, tanto é que a gente tá interditando com a consciência e com a responsabilidade de que nós temos que ir atrás de outras parcerias… nós temos que colaborar com o prefeito, buscar parcerias nas empresas privadas… não ficar só esperando do governo municipal”, afirmou Elder.

O estádio Rosenão foi construído há dez anos, e pertence à Liga Esportiva de Parauapebas, para manter o funcionamento do estádio, além da iniciativa privada, a prefeitura também celebra convênios com a LEP anualmente. A entidade ainda está realizando um levantamento para calcular o recurso necessário para realizar as reformas no estádio.

Reportagem: Jéssoca Diniz / Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Pebinha de Açúcar Comunicação & Marketing LTDA-ME
CNPJ: 05.200.883.0001-05 Parauapebas-Pará-Brasil
(94) 3356-0260 | (94) 981342558

Todos os direitos reservados © 2017 Pebinha de Açúcar Comunicação & Marketing Ltda-ME
Desenvolvimento Web: Agência Maktub

To Top