Publicidade

Lista dos pré-selecionados para o Residencial Vila Nova é repassada para Caixa

A Prefeitura de Parauapebas, por meio da Secretaria Municipal de Habitação de Interesse Social (Sehab), repassa para a Caixa Econômica Federal (CEF) a relação de 845 pessoas pré-selecionadas para o projeto habitacional Residencial Vila Nova. A Caixa é a instituição financeira responsável pelo projeto, que é viabilizado pelo Programa Minha Casa, Minha Vida.

Serão 650 unidades habitacionais disponibilizadas no projeto. A relação de pré-selecionados entregue pela Sehab à Caixa ultrapassa esse número em 30%, que se trata de um cadastro de reserva solicitado pela entidade financeira. Todos os candidatos que integram a relação passaram pelos seguintes procedimentos: cadastro na Sehab, avaliação de consulta de certidão negativa de imóveis, visita social e inscrição no CadÙnico do governo federal.

Saraiva publicidade

A entrega efetiva das unidades habitacionais do Residencial Vila Nova ocorrerá após a aprovação dos candidatos efetivada pela Caixa, que promoverá a verificação às informações dos candidatos pré-selecionados junto aos seguintes meios: CadÚnico, cadastro de participantes do FGTS, Rais (relação anual de informações sociais), Cadmut (Cadastro Nacional de Mutuários, que verifica se o candidato possui financiamento de imóveis); Cadin (Cadastro informativo de créditos não quitados do setor público federal) e Siaci (Sistema Integrado de Administração da Carteira Imobiliária).

Critérios de seleção e divisão dos grupos

De acordo com os critérios nacionais de seleção dos beneficiários, é necessário destinar 3% do grupo prioritário para pessoas idosas, o mesmo percentual para famílias com pessoas com deficiência.

Após subtrair o número de unidades destinadas para os grupos prioritários, os demais candidatos serão distribuídos da seguinte forma: grupo I, constituído por pessoas cadastradas que atendam de cinco a seis critérios de priorização, entre os nacionais e os municipais; grupo II, formado por aqueles que atendam até quatro critérios.

Os critérios de priorização nacional seguem as normas estabelecidas na Portaria nº 595, de 18 de dezembro de 2013. Já os critérios municipais estão definidos no Decreto nº 1.488, de junho de 2013. A distribuição dos candidatos é apresentada no quadro abaixo:

GRUPO

DESCRIÇÃO

COTA

QUANTITATIVO PRINCIPAL

QUANTITATIVO RESERVA

Prioritários

Idosos

3%

20 unidades habitacionais

6

Prioritários

Pessoas com deficiência

3%

20 unidades habitacionais

6

Grupo I

5 a 6 critérios atendidos

75%

458 unidades habitacionais

137

Grupo II

Até 4 critérios atendidos

25%

152 unidades habitacionais

46

TOTAL GERAL DE UNIDADES HABITACIONAIS

650

TOTAL DE CADASTRO DE RESERVA (30%)

195

TOTAL GERAL

845

Acesse nos links abaixo as relações dos pré-selecionados:

Grupo prioritário: Idosos

Grupo prioritário: Pessoas com deficiência

Grupo I: que atendem de 5 a 6 critérios

Grupo II: que atendem até 4 critérios

-Comunicado oficial que destaca Critérios Nacionais e Municipais por meio da Portaria nº 595 (Ministério das Cidades) e Decreto Municipal nº 1488.

Reportagem: Karine Gomes

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu