Publicidade

Mega operação apreende uma tonelada de peixe em Marabá e Nova Ipixuna

Foto: Tiago Gambogi

Uma mega operação de fiscalização nos municípios de Marabá e Nova Ipixuna apreendeu, neste domingo, 25, mais de uma tonelada de peixes retirados ilegalmente do Lago de Tucuruí. Foram apreendidos também apetrechos de pesca, como malhadeiras com tamanhos irregulares, além de caças e pássaros. A operação foi coordenada por equipes técnicas do Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade (Ideflor-bio), em parceria com a Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) e Polícia Militar.

As secretarias municipais de Meio Ambiente de Tucuruí, Breu Branco, Goianésia do Pará, Jacundá, Nova Ipixuna e Itupiranga também foram parceiras da operação, que se concentrou nas principais feiras municipais de Marabá e na região do lago de Tucuruí pertencente à Nova Ipixuna. O pescado apreendido foi doado a comunidades carentes da região. Já as caças foram inutilizadas, as malhadeiras queimadas e os pássaros, ainda vivos, devolvidos à natureza.


A operação encerrou a primeira etapa de fiscalização da região do Mosaico Lago de Tucuruí, no sudeste paraense, entre 12 e 26 de novembro, parte do primeiro mês do período do Defeso, em que a pesca comercial fica proibida no lago de Tucuruí, por conta do momento de reprodução dos peixes. “Durante todo o período da missão oficial foram apreendidas mais de quatro toneladas de pescado, que estão sendo capturados em um momento tão importante para a manutenção dos estoques pesqueiros na região”, afirma Mariana Bogéa, técnica do Ideflor-bio e gerente do Mosaico Lago de Tucuruí.

O período do Defeso vai até 28 de fevereiro. Desde 2017 o Ideflor-bio, em parceira com a Semas, a PM e as prefeituras dos municípios que compõem o Mosaico Lago de Tucuruí realizam fiscalizações mensais no local a fim de coibir a pesca ilegal e o uso de apetrechos irregulares. Durante o período do Defeso, essas fiscalizações são intensificadas.

O Mosaico Lago de Tucuruí é um conjunto de Unidades de Conservação estaduais formado pela Área de Proteção Ambiental Lago de Tucuruí e pelas Reservas de Desenvolvimento Sustentável Alcobaça e Pucuruí-Ararão. As três UCs compreendem, juntas, cerca de 570 mil hectares, os quais abrangem os municípios de Tucuruí, Breu Branco, Goianésia do Pará, Jacundá, Nova Ipixuna e Itupiranga. A pesca no lago de Tucuruí é uma das principais atividades econômicas da região.

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

All articles loaded
No more articles to load
Fechar Menu