Publicidade

Mercado de Parauapebas contabiliza lucros com a Copa do Mundo

Na tarde desta terça-feira, 17, foi fácil ver a grande movimentação de gente torcendo pela seleção brasileira. No primeiro jogo, foi instalado um telão na Praça Mahatma Gandhi, bairro Cidade Nova e outro na Praça do Cidadão, bairro Rio Verde. Já na segunda partida, o telão da Praça Mahatma foi transferido para a Praça de Eventos, também no bairro Cidade Nova. Um aglomerado de pessoas esperaram ansiosos por gols conta a Seleção mexicana, mas o placar não saiu do zero a zero.

Os bares e lanchonetes também ficaram lotados, o restante do comércio fechou as portas para ver o Brasil jogar.
Parauapebas nem é uma das cidades sede dos jogos da Copa do Mundo, mas os empresários do ramo de artigos importados, lojas de confecção e vários outros segmentos sentem o bom reflexo do grande evento nas vendas.


Há apenas seis dias após a abertura oficial, já têm lojas renovando seus estoques. “O crescimento está sendo muito animador, houve um aumento de 60% nas vendas de enfeites das cores verde e amarelo. Estamos até fazendo mais pedidos aos fornecedores para não faltar produto nas prateleiras”, disse Cláudio Abreu, proprietário de uma loja de decoração.

Baseado nas vendas das Copas anteriores, André Anacleto renova os estoques de lojas de roupas conforme as vitórias da Seleção Brasileira. “Vendemos mais de 90%. A linha infantil saiu em poucos dias, a procura está muito grande e cresce cada dia mais. Estou muito satisfeito”, comemorou o varejista.

O movimento também é muito positivo nas papelarias da cidade, que nesta época lucram, principalmente, com as vendas de chapéus, bandeirolas, tecidos TNT, apitos e adesivos. “As bandeiras acabaram rapidamente e tivemos que repor comprando mais caro só para não deixar faltar. Novas remessas de produtos já foram pedidas”, comenta Nilza Barbosa, gerente de uma papelaria.

Grandes seleções ainda passarão pelos gramados brasileiros, o mundial terminará no dia 13 de julho na cidade do Rio de Janeiro.

Reportagem e foto: Stéfani Ribeiro – Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu