Ainda repercute um grave acidente envolvendo um ônibus da empresa Transbrasiliana e um automóvel Fox da Makro Engenharia ocorreu por volta das 16 horas desta quinta-feira (21), na Estrada Raimundo Mascarenhas, que dá acesso a Carajás, município de Parauapebas, tendo como vítima fatal Kátia Cristina de Oliveira, funcionária da empresa Makro Engenharia.

De acordo com o que apurou a reportagem junto ao delegado Thiago Carneiro, a vítima fizera a ultrapassagem de um caminhão em local proibido da estrada e se chocou de frente com o ônibus, que vinha em sentido contrário, morrendo no local.

O motorista do ônibus, cuja identidade não foi informada pela polícia à reportagem, ficou de prestar depoimento na tarde desta sexta-feira (23) na Delegacia de Polícia Civil.
Paulo César de Oliveira, irmão da vítima, informou que Kátia Cristina era membro da Igreja Assembleia de Deus, trabalhava na Makro na função de supervisora de contrato, morava na Rua São Luiz, Bairro Primavera, Parauapebas, era separada e tinha um casal de filhos.

Os bombeiros tiveram grande trabalho para resgatar a vítima das ferragens do veículo. Em seguida, o corpo de Kátia Cristina foi encaminhado para submeter-se a exame de necropsia no Instituto de Medicinal Legal (IML) em Marabá e depois retornou a Parauapebas, onde ficou de ser velado e sepultado por familiares.

Reportagem: Vela Preta / Waldyr Silva – Da redação do Portal Pebinha de Açúcar