Publicidade

Motorista atropela e mata criança de três anos de idade

A família da pequena Even Pereira Figueiredo, de apenas três anos de idade, continua comovida com a brusca morte da menina, que foi vítima de atropelamento ocorrido por volta das 19h10 desta quarta-feira (17) na rua que passa na frente do condomínio da empresa Geosol, no Bairro Beira Rio, em Parauapebas.

Em declarações prestadas à reportagem do Portal Pebinha de Açúcar, Alan Carlos Figueiredo, avô da criança, informou que a menina atravessava a rua com um adulto e outra criança, quando foi atropelada pelo motorista, arrastada numa distância de aproximadamente seis metros e morta.


Para o avô da pequena Even Figueiredo, faltou atenção do motorista, pois não olhou para os dois lados da via pública. Ele acrescenta que após o atropelamento o condutor da caminhonete tentou fugir do local, mas foi impedido por populares. Pressionado, o motorista foi obrigado a levar a menina para o hospital, mas quando foi estacionar o carro ele fugiu do hospital.

Motorista se apresenta

Na tarde desta sexta-feira (19), o motorista Saulo Farias da Rocha, 39 anos, compareceu espontaneamente à 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas, acompanhado de seu advogado, oportunidade em que teve suas declarações colhidas e informou as circunstâncias do atropelamento que vitimou fatalmente a criança.

Em depoimento, Saulo Farias disse que prestou socorro à vítima imediatamente, levando-a ao Hospital Municipal de Parauapebas, na companhia da mãe da garota. Informou ainda que aguardou a vítima ser atendida, mas não esperou por muito tempo no hospital, por receio de retaliações de familiares dela.

O motorista alegou que a motivação do atropelamento foi devido a criança ter se soltado da mão da mãe e atravessado a rua, em local onde não havia faixa de pedestres.

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu