Publicidade

Natal violento: 13 pessoas morreram na região

O caso mais chocante do feriado ocorreu na noite de quarta (24), na Vila Brejo do Meio, zona rural de Marabá. A jovem Valdiane Feitosa de Sousa, de 15 anos, foi morta com três golpes de machado pelo próprio irmão, Josiel Feitosa de Almeida, de 29 anos, que é usuário de drogas e estaria em sob efeito de entorpecentes ao cometer o crime. O acusado foi preso em flagrante. A vítima morreu na manhã de quinta (25).

Ainda no dia 24, o ajudante de pedreiro José Eurivan Sousa Costa, o “Negão”, de 29 anos, foi morto a facadas. O corpo dele foi encontrado dentro do quartinho que ele morava, nos fundos da casa da mãe dele, no Bairro Liberdade, Cidade Nova.


O usuário de drogas identificado como “Latrô” também foi morto, no mesmo dia, a pauladas. O corpo foi achado numa quitinete, na Folha 34, área onde proliferam as “bocas de fumo”, na Nova Marabá. Segundo investigação preliminar da polícia, o crime teria sido praticado pelo casal identificado como Thiago Gomes da Silva e Velzenir Feitosa Dias.

Outra vítima foi a dona de casa Gorete Gomes da Silva, de 41 anos, que foi morta a golpes de faca. O acusado é um sobrinho da vítima, conhecido como “Filho”, com quem teria discutido um dia antes.

Os jovens Carlos Daniel da Conceição e Raimundo Nonato Costa também foram assassinados em Marabá, porém a polícia não passou mais informações sobre o caso. Na Vila Capistrano de Abreu, zona rural de Marabá, outro crime envolto em mistério. O jovem Diomedes Ramos Cordeiro, de apenas 18 anos, foi alvejado com vários tiros na noite de quinta-feira (25).

O caso mais recente aconteceu na madrugada de sexta-feira (26), quando o assaltante identificado como Marcos Vinicius, o “Loirão”, foi morto com seis tiros, no Bairro Bom Planalto, Cidade Nova.

Outras casos também foram registrados em Marabá e em municípios próximos, transformando o Natal um dos mais violentos já registrados.

Em todo o Pará, apenas entre os dias 24 e 25 de dezembro último, foram registrados 22 assassinatos.

Reportagem e foto: DOL, com informações de Chagas Filho/Marabá

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu