Banner Educar


Norte Energia repassa R$ 135 milhões para conservação ambiental

Norte Energia repassa R$ 135 milhões para conservação ambiental

A Norte Energia repassou R$ 135.088.387,60 ao Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), no dia 27 de abril. Por lei, os recursos serão destinados à criação e ou à regularização de unidades de conservação ambiental de acordo com o plano de trabalho estabelecido pelo ICMBio. Além destes recursos, outra parte do valor será destinado às Unidades de Conservação localizadas no Estado do Pará, geridas pelo Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade (Ideflor-Bio), assim que a autarquia estadual concluir e apresentar o plano de trabalho detalhando a destinação dos recursos que lhe cabem.

O repasse da Norte Energia, responsável pela construção e operação da Usina Hidrelétrica Belo Monte, soma-se às demais ações executadas no âmbito do Projeto Básico Ambiental (PBA) do empreendimento e de atendimento às condicionantes para o licenciamento ambiental a cargo do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Dentre os trabalhos já realizados pela empresa, estão a aquisição de propriedades na área urbana de Altamira às margens do Rio Xingu, que antes eram ocupadas por habitações precárias, sujeitas a inundações e sem saneamento. Com a transferência de mais de 30 mil pessoas das várzeas dos igarapés, a empresa está recuperando essas áreas para preservação permanente, transformando grande parte delas em parques municipais.

A Norte Energia também adquiriu 26 mil hectares em uma faixa contínua, de largura média de 500 metros, ao longo das margens dos reservatórios, dos quais seis mil hectares, que foram degradados por atividades econômicas anteriores ao empreendimento serão recuperados. A empresa também está recompondo a vegetação secundária nessas regiões com seu enriquecimento por meio do plantio de espécies nativas e as áreas com florestas serão protegidas. O objetivo é formar um cinturão de proteção das águas dos reservatórios do Rio Xingu e Intermediário.

Fechar Menu
error: Reprodução proibida!