Publicidade

Nova Carajás conta com novas costureiras

Um grupo de 16 mulheres da comunidade Nova Carajás alcançou a profissionalização em corte e costura. A certificação aconteceu na sede da associação do bairro, na semana passada e foi marcada também por um desfile de moda com as confecções produzidas durante a capacitação, fruto da parceria entre Vale, Instituto Mix, que ministrou o curso, e a Associação de Moradores.

De acordo com o gerente de Relacionamento com Comunidades da Vale em Parauapebas, Edivaldo Braga, o curso teve duração de 90 horas e focou em corte e costura e também estamparia. “Elas também participaram de palestras sobre marketing e atendimento ao cliente, empreendedorismo e serigrafia. Esse grupo é formado 100% por mulheres e nós ficamos muito felizes em contribuir para o empoderamento dessas empreendedoras”, destaca.


Para o presidente da associação, Fábio Lopes, o curso contribuiu com a qualificação das 16 mulheres da Nova Carajás. “O ateliê já fez alguns uniformes para empresas e também para escolas. Quando precisa, elas trabalham até a noite para atender a demanda. E nós esperamos divulgar mais e a nossa comunidade saber que há uma fábrica de costura dentro do bairro e que pode atender a nossa comunidade”.

Para Venina Burato, moradora do bairro e também costureira certificada, participar da capacitação foi muito gratificante. “A cada dia a gente está aprendendo um pouquinho mais. Além do curso, no dia a dia, a gente aprende também. E a costura é um mundo infinito. Quanto mais você faz, mas você gosta, mais você aprende”, comemora.

A fábrica de costura está instalada na sede da associação, que fica na Av. Sossego, Qd 426, lote 4, na 4ª etapa do bairro Nova Carajás. A ação integra os  Planos de Relacionamento com Comunidades da Vale. A empresa realizou, em março deste ano, uma primeira capacitação para as costureiras e também doou máquinas de costura industrial e uma máquina de estamparia para o ateliê.

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu