Publicidade

OAB escolhe seus dirigentes em processo eleitoral

Os primeiros a votar foram o atual presidente da subseção da ordem em Parauapebas, Deivid Benasor, e a candidata única à sucessão, Maura Paulino. Os votantes são advogados com registro na OAB / Seção Pará, em dia com suas obrigações, que é o pagamento da anuidade para ter direito a participar do ato democrático.

As eleições estão ocorrendo nesta quarta-feira (28), até as 17 horas, em todas as 25 subseções existentes no Pará, quando os advogados escolherão dois presidentes, um para a subseção local e outro para a seção estadual, para um mandato de três anos. O resultado será anunciado por volta das 18h30, quando se definirá quem comandará a entidade no estado e em cada município.


Em Parauapebas, apenas uma chapa foi registrada, a “OAB segue em frente”, tendo como candidata à presidência a advogada Maura Paulino. Há também apenas duas chapas concorrendo à direção da Seção da OAB/PA. Uma delas, a “OAB segue em frente”, encabeçada pelo atual presidente Alberto Campos, que concorre à reeleição; e a outra, “Avante”, encabeçada pelo advogado criminalista Osvaldo Serrão.

Na opinião do presidente da subseção da OAB em Parauapebas, Deivid Benasor, deveria haver protocolos de registros de outras chapas para concorrer sua sucessão. “Isso é salutar para fortalecer a democracia”, afirma Deivid, lembrando que apenas na eleição de 2015, quando ele foi aclamado a ter mais um mandato, não houve forte concorrência com duas ou mais chapas, fato que se repete também nesta eleição.

 

A candidata Maura Paulino diz ter como meta em sua gestão, caso seja eleita, a valorização dos advogados, com defesa intransigente das prerrogativas; combate do aviltamento dos honorários; fortalecimento das comissões temáticas, tendo como objetivo descentralizar a administração da subseção, podendo realizar um trabalho mais efetivo; oferecer mais atenção ao jovem advogado, para que se sinta mais preparado para exercer sua função como profissional; e inclusão da OAB na sociedade.

“É de grande importância a aproximação da ordem com a sociedade envolvida nos problemas da comunidade, pois, assim, podemos detectar com mais precisão suas necessidades e auxiliar dentro de nossas possibilidades”, concluiu Maura Paulino.

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

All articles loaded
No more articles to load
Fechar Menu