Banner Educar


Obra parada causa transtornos a moradores da Rua São João em Parauapebas

Obra parada causa transtornos a moradores da Rua São João em Parauapebas

A rua está deserta e os moradores lamentam o abandono da obra que, segundo eles, está parada há pelo menos dois meses. Trata-se da Rua São João, local de frequentes alagamentos provocados por uma nascente que existe no Cemitério desativado do bairro Rio Verde, cujo muro margeia a rua naquele perímetro entre as Ruas Rio de Janeiro e Perpétuo Socorro.

De acordo com denúncia de moradores, a Prefeitura Municipal de Parauapebas iniciou ali uma obra de drenagem, mas apenas abriu uma vala e colocou uma única manilha (tubo de concreto), o que tornou o local intransitável, permitindo apenas a passagem de motocicletas e pedestres.

No local se vê um amontoado de manilhas, porém não se tem placa que identifica a obra o que impossibilita ter qualquer informação sobre ela.
Como saldo pela situação da rua, no local se vê muitos condomínios com placas de ofertas de locações (ALUGA-SE), porém dificilmente alguém escolherá o local para morar.

Anderson Júnior é estudante e passava no local enquanto a equipe de reportagem do Portal Pebinha de Açúcar fotografava a situação da obra, ele disse que passa por ali todos os dias e gostaria muito de ver a obra concluída. “A lama que provoca este canal aberto incomoda muito, pois chego à escola com os tênis sujos, além da dificuldade de atravessar o local”, reclama ele, mostrando a ponte improvisada.

A paralisação da obra retarda, segundo uma moradora que não quis gravar entrevista, a solução do problema que já acarretou muitos prejuízos a quem mora ali, já tendo móveis e eletrodomésticos danificados nos constantes alagamentos ocorridos no período de chuvas. Acontecimentos tão rotineiros que obrigaram os moradores a adaptarem as casas para esperar as enchentes, o que é notado pela altura das calçadas e as muretas nas portas para evitar a entrada das águas das chuvas.

Próximo dali existe um igarapé propício para receber as águas da nascente que inunda a Rua São João, mas as próprias vítimas de alagamento construíram casas que, praticamente, impossibilitam a passagem das águas e agora para construir o canal de drenagem deve ser necessário remover parte de um condomínio.

Outro lado

Em nota enviada via e-mail ao Portal Pebinha de Açúcar, “A Prefeitura Municipal de Parauapebas informa que a Secretaria de Obras, responsável pelos serviços de manutenção de vias, possui equipes que atendem esses tipos de demandas. Seguindo um cronograma pré-estabelecido, esses servidores atendem ruas que necessitam de recuperação. Casos mais graves são atendidos prioritariamente. A solicitação dos serviços de tapa-buraco pode ser feita através dos números da Ouvidoria Municipal, o 0800-033-0202 e 3356-0772.
No momento, a Secretaria de Obras está priorizando áreas com maior fluxo de veículos e áreas de acesso à escolas, clínicas e hospitais. A demanda citada entrará no cronograma de atendimento das equipes da Operação Tapa-Buraco”.

Reportagem e fotos: Francesco Costa – Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Fechar Menu
error: Reprodução proibida!