Publicidade

Obras no Alzira Mutran ampliam rede de abastecimento de água

Tiveram início, na última semana, as obras de ampliação da rede de abastecimento de água no bairro Alzira Mutran. As atividades são fruto da parceria firmada entre a Associação de Moradores do bairro (Asmobam), Vale, por meio de seu projeto de Expansão da Estrada de Ferro Carajás e a Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa).

Segundo a presidente da Asmobam, Domingas Ramos de Sousa Lima, o benefício irá atender às ruas Guido Mutran, Oswaldo Mutran e a rua do Meio. “Para nós, essa parceria foi fundamental, representa o atendimento a um anseio da nossa comunidade e o maior benefício é a agua de qualidade para as famílias que moram aqui. Precisamos que sejam atendidas também as outras ruas do bairro”.


As obras envolvem a implantação de rede de tubulação e a ligação de ramais, para captação e distribuição de água nas residências das ruas citadas. Pela parceria, o investimento conta com o apoio financeiro da Vale, dentro da politica de responsabilidade social da empresa. A gestão dos recursos e a definição das ruas que recebem o benefício cabem à Asmobam. E a Cosanpa é responsável pela execução do serviço.

Projetos Sociais – Por meio do seu Projeto de Expansão da Estrada de Ferro Carajás S11D, a Vale está desenvolvendo projetos sociais no Pará em conjunto com associações de moradores de comunidades situadas na área de interferência direta das obras de expansão. São iniciativas mapeadas nas reuniões dos Comitês de Interlocução implantados desde o início das obras, para o diálogo permanente com essas comunidades.

As atividades no Alzira Mutran fazem parte do primeiro grupo de sete projetos que a Vale está apoiando no Pará, por meio dos Comitês de Interlocução. São iniciativas nas áreas de promoção da saúde, educação e de geração de renda e que vão beneficiar mais de 400 pessoas. As reuniões dos comitês ocorrem a cada dois meses e trata-se de fórum onde são conversados assuntos relacionados às obras e suas interferências, além de esclarecer dúvidas e responder demandas feitas pelas comunidades sobre o empreendimento.

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu