Publicidade

Operação do Detran ‘tira de circulação’ veículo com 66 infrações de trânsito

As operações dos órgãos de segurança continuam pelas ruas de Parauapebas no intuito de manter a ordem, tranquilidade e a paz para as pessoas de bem.
E foi em uma dessas blitz que o inesperado aconteceu, quando uma condutora foi abordada; ela dirigia um GCHEROKEE LTD3.6L de cor branca e quando verificada a documentação do veículo, por agentes do Departamento de Trânsito do Pará (Detran), constatou-se que, além da documentação do automóvel estar atrasada, IPVA em um valor de R$ 2.483,94; exatas 66 infrações constavam a pagar no sistema, que somadas dão o valor de R$ 8.816,83.

Mas as irregularidades não param por aí, ao examinar ainda mais a situação do veículo, notou-se tratar que tratava-se de um carro com IMPEDIMENTO JUDICIAL e ALIENAÇÃO FIDUCIÁRIA.


Em linguagem popular, ALIENAÇÃO FIDUCIARIA significa: …em garantia consiste na transferência feita por um devedor ao credor de propriedade resolúvel e da posse indireta de um bem móvel infungível ou de um bem imóvel, como garantia de seu débito, resolvendo-se o direito do adquirente com o adimplente da obrigação, ou melhor, com o pagamento da dívida.

Já o IMPEDIMENTO JUDICIAL, em linguagem popular significa: … que em algum momento a financeira pediu o bloqueio para impedir transferência ou o proprietário está respondendo a algum processo por dívida e o credor pediu o bloqueio como garantia; ou que o credor possa ao final quando vencido o prazo para ser quitado o veículo solicitar a penhora para pagamento.

A apreensão do veículo foi feita na Rua Marcos Freire, e no AUTO DE APREENSÃO se lavrou que após a abordagem constatou-se que o veículo não estava devidamente licenciado e com impedimento judicial. Infringindo assim o artigo 230 do CTB (Código de Trânsito Brasileiro).

 

Reportagem: Francesco Costa / Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu