Publicidade

Palestra de hospitalidade turística incentiva o empreendedorismo em Parauapebas

Com o objetivo de capacitar moradores do município para a prestação de serviços turísticos, o Departamento de Turismo de Parauapebas (DETUR) está realizando um ciclo de palestras voltado para a hospitalidade turística.

As palestras têm a função de sensibilizar os habitantes de nossa cidade para que percebam o quanto é importante se qualificar profissionalmente para oferecer um serviço com qualidade aos visitantes que procuram o turismo no município.


Marcos Alexandre, Coordenador do Departamento de Turismo ressalta que esta ação vai fomentar o interesse da sociedade em empreender neste ramo que cresce a cada dia no Brasil.
“Este é o primeiro circuito de palestras que o Departamento de Turismo está realizando, temos como objetivo dar ferramentas para que o turismo cresça na nossa região, assim criando novos postos de trabalho e aquecer a economia do município com a visita do turista”, ressaltou Marcos.

Marcos Alexandre também enfatiza que todos os comerciantes têm que se adaptar para conquistar os turistas e os próprios moradores da cidade para que o comércio se mantenha ativo.
Segundo o Coordenador, é necessário investir em conhecimento, para que o turismo possa crescer na região, e que além de palestras, o empreendedor na área do turismo tem que buscar meios para atrair o consumidor que visitar o município.

A professora Conceição Mari Macêdo explica que é necessário analisar bem em qual área de turismo que se vai explorar na região e que a administração pública tem que investir para trazer o turista para a cidade.
“Existem tantos lugares lindos para se visitar em nosso país, qual é o diferencial que tem em Parauapebas que vai atrair turista para aqui e não para lá? O governo tem que investir em divulgações nos outros estados, mostrando os encantos e belezas da região”, ressalta a professora.

Em decorrência do avanço da atividade turística no Brasil, têm melhorado as condições econômicas e contribuído para o crescimento e desenvolvimento orgânico da economia nacional, muitos municípios encontram no ecoturismo uma maneira de gerar renda para a localidade.

A Engenheira Ambiental, Maria Aparecida está a um ano em Parauapebas e busca investir no turismo ecológico, já que na região tem muito a se explorar.
“Temos muitas possibilidades de trabalhar com o turismo, que ainda não foi explorado, estas palestras vieram para dar uma luz, eu quero colocar em prática um projeto e estas palestras só me motivaram para tirar do papel os planos”, relatou Maria Aparecida.

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu