Publicidade

Parauapebas ganha mais 111 jovens e adultos com fundamental completo

O Centro de Ensino Personalizado da Educação de Jovens e Adultos (Cepeja) realizou na noite da última sexta-feira (22) a formatura de sua 11ª turma. A cerimônia, que certificou 111 estudantes, ocorreu no Salão de Convenções do Sindicato Metabase Carajás e contou com a participação de familiares, amigos, educadores e autoridades.

Criado com o objetivo de oportunizar a conclusão do ensino fundamental por parte de jovens e adultos impossibilitados de frequentar o ensino regular na idade apropriada, o Cepeja já atendeu mais de seis mil alunos em Parauapebas e tem contribuído significativamente para a diminuição da evasão escolar e da distorção idade-série no município, por meio de um modelo de ensino semipresencial, individual e especializado. O órgão é vinculado à Secretaria Municipal de Educação (Semed).

Saraiva publicidade

Segundo Gilson Costa, diretor do Centro, a instituição forma anualmente mais de 200 alunos, sendo uma turma no primeiro semestre e outra no segundo. “Oferecemos oportunidade de ensino a todos os jovens e adultos que não tiveram acesso à educação na infância e agora buscam dar continuidade aos estudos”, explica o diretor.

“Em tese, esses alunos não conseguiriam ser atendidos pela educação de jovens e adultos presencial, por vários motivos, sendo o principal a indisponibilidade de horários regulares”, reconhece.

HISTÓRIAS DE VIDA
A autônoma Valdirene Nunes Barbosa, 40 anos, é uma das concluintes do ensino fundamental. Ela esteve longe da sala de aula por longos 22 anos. Retomou os estudos em 2013, quando foi informada que o Cepeja oferecia o ensino de 5ª a 8ª série (6º ao 9º ano) com horários e dias flexibilizados.

“Abandonei os estudos muito cedo e, depois de adulta, o trabalho sempre me impediu de estudar até descobrir o Cepeja”, relata Valdirene ao mencionar sua felicidade por realizar o sonho de concluir o ensino fundamental. “Sou consciente que preciso ir em frente, e tenho certeza que irei. Posso dizer com orgulho que o passo mais importante eu já dei: esse certificado representa uma das maiores vitórias da minha vida” acrescenta a aluna.

A equipe de educadores do Cepeja, além de comprometida e dedicada à causa educacional, também incentiva os funcionários da instituição a estudarem. Foi assim com a auxiliar de serviços gerais Elza Pereira, 46 anos. “Sou funcionária do Centro há dois anos. Foi aqui que encontrei pessoas que me incentivaram a continuar os estudos. Eu trabalhava um período e já ficava na escola durante o outro”, descreve, afirmando ter encontrado pouca dificuldade de aprendizagem em razão do modelo de ensino adotado pela instituição.

CRESCER SEMPRE
Entre os que prestigiaram a formatura estavam o secretário-adjunto da Educação, Rui Santos de Amorim; a coordenadora geral da Educação de Jovens e Adultos (EJA), Diva dos Santos; o vereador Josineto Feitosa de Oliveira e a secretária municipal de Educação, Juliana de Souza.

Na condição de paraninfa da turma, Juliana manifestou sua alegria em poder compartilhar o momento com os concluintes e aconselhou os estudantes a prosseguirem na jornada escolar. “Parabéns por terem aceitado o desafio e terem chegado até aqui!”, elogiou. “É bom saber que vocês têm consciência do valor da educação. É ela que transforma a vida, que melhora, que dá ascensão social às pessoas. Espero que vocês possam continuar nessa busca pela profissionalização e por uma vida estável”, recomendou Juliana.

Reportagem e foto: Messania Cardoso

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu