Publicidade

Parauapebas poderá ganhar Complexo do Sistema FIEPA

A assinatura do Protocolo de Intenções, realizada na última sexta-feira (17), consolida a parceria buscada desde o início do ano pelo prefeito Valmir Mariano, “vamos trabalhar para qualificar a mão-de-obra local, para que principalmente os nossos jovens possam conquistar melhores oportunidades no mercado”, afirmou o prefeito.


No documento, a prefeitura se compromete em doar um terreno de 54 mil m2, localizado na PA 160, km 4, sentido Canaã dos Carajás, para a construção do complexo que receberá a Delegacia da Fiepa, unidades do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e do Serviço Social da Indústria (Sesi), e o Instituto Euvaldo Lodi (IEL).

Realizaram a assinatura do Protocolo de Intenções os seguintes: presidente da Fiepa, José Conrado Santos; superintendente do Sesi, José
Olímpio Bastos; diretor regional do Senai, Gerson Santos Peres; diretor do IEL, Glauter Parente Leitão; prefeito Valmir Mariano.

Estrutura e serviços disponibilizados no Complexo

A unidade do Senai contará com laboratórios que vão atender as áreas de eletricidade, eletrônica, comandos elétricos, instrumentação industrial, máquinas elétricas, automação industrial, solda, caldeiraria, metrologia, informática, metal mecânica, ferramentaria, segurança, mineração, química, simuladores de operação de equipamentos móveis, biblioteca, oficia motor de combustível interna, confecção e alimentos.

Os laboratórios serão utilizados durante a realização dos cursos que serão ministrados em 30 salas de aulas, com capacidade para 40 alunos cada, totalizando aproximadamente 1.200 vagas por mês.

Já em relação aos serviços do Sesi, será instalada uma infraestrutura composta por campo de futebol, quadra poliesportiva, quadras de areia e centro de convivência, que permitirá a realização de diversos serviços nas áreas de saúde, educação, responsabilidade social, cultura, esporte e lazer.

A comunidade também vai poder contar com as Unidades Móveis de Educação Profissional do Senai, assim como as Unidades Móveis do Sesi, que disponibilizará o Programa Cozinha Brasil além de serviços de Saúde, Oftalmologia e Educação.

O IEL desenvolverá atividades de estágio supervisionado, bolsa talento (emprego), capacitação empresarial e profissional, consultoria empresarial, pesquisa e estatística (sondagem industrial) e o Programa de Apoio à Competitividade das Micro e Pequenas Indústrias (PROCOMPI).

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu