Publicidade

Patrimônio público é alvo de vândalos em Parauapebas

Os vasos de barro colocados ao longo da ponte que liga os bairros Beira Rio I e II próximo à Câmara Municipal de Parauapebas vêm sendo alvo de crimes praticados por vândalos que estão destruindo as peças decorativas.
A ação vem revoltando e causando tristeza aos moradores que passam frequentemente pelo local e veem o patrimônio público depredado.

O mesmo aconteceu com a exposição fotográfica “Cenas da Cidade” que enfeitou a PA – 275 durante o mês de maio. Os criminosos derrubaram as estruturam metálicas que davam sustentação as fotos em tamanho gigante e nunca foram identificados.


Apesar de Parauapebas contar com um dos centros de videomonitoramento eletrônico mais moderno do Estado do Pará com instalação de 30 câmeras ao longo da cidade e algumas delas bem próximas à Casa de Leis, a ação dos criminosos não foi flagrada pelo sistema.

De acordo com o tenente-coronel Sandro Queiroz responsável pelo comando do 23º Batalhão de Polícia Militar (Quartel) onde a Central de Controle de Operações (CCO) está instalada, o sistema não identificou os vândalos. “O posicionamento da câmera não dá direcionamento para o ângulo que está localizado as peças, portanto não temos a imagem do crime”, disse o comandante.

O caso está sendo investigado pelo delegado Rodrigo Paggi, diretor da 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil. Procurado pela equipe de reportagem do Portal Pebinha de Açúcar, o delegado não aceitou gravar entrevista, disse apenas que o caso depende de uma denúncia formal da administração pública para prosseguir com a ação que corre na justiça em sigilo.

Reportagem: Natália Rosa – Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar
Foto: Francesco Costa

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu