Publicidade

Paulo Rocha é eleito Senador no Pará

Mesmo antes do fim da apuração no Estado, o Pará já conheceu no começo da noite deste domingo o seu novo Senador: o candidato Paulo Rocha, do PT.

Com cerca de 89% das seções de votação apuradas, o petista confirmou a preferência que apresentou durante as pesquisas eleitorais, somando cerca mais de 1,5 milhão de votos, cerca de 50% do total de votos válidos.


Sobre Paulo Rocha

Paulo Roberto Galvão da Rocha é um sindicalista e político brasileiro. Técnico em Artes Gráficas, na década de 1980 presidiu o Sindicato dos Gráficos e a Central Única dos Trabalhadores-PA.
Filiado ao Partido dos Trabalhadores desde 1981, elegeu-se deputado federal pelo Pará em 1990, sendo reeleito seguidamente em 1994, 1998 e 2002. Renunciou ao mandato em 17 de outubro de 2005. Foi eleito novamente deputado federal em 2006. Nas eleições estaduais no Pará em 2010 concorreu das duas vagas em disputa ao Senado Federal. Mesmo inelegível devido a Lei Ficha Limpa, decisão que seria posteriormente revogada, obteve 1.736.033 votos e ficou em terceiro lugar, atrás de Flexa Ribeiro e Jader Barbalho.

Mensalão

Em 2005 era o líder da bancada do PT na Câmara dos Deputados quando surgiu o Escândalo do Mensalão. Seu nome esteve entre os implicados com a revelação de que uma assessora sua fez saques das contas de Marcos Valério no Banco Rural no valor de R$ 620 mil. Renunciou à liderança do partido e mais tarde ao cargo de deputado. Indiciado como, respondia pelo crime de lavagem de dinheiro. Foi absolvido no dia 23 de outubro de 2012 pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu